Brasileiros estreiam no Grand Slam de Judô de Osaka, no Japão

 

Por Claudia Soares Rodrigues

A seleção brasileira de judô vai estrear no final da noite de hoje (21) no Grand Slam de Judô de Osaka, no Japão. Ao todo 16 atletas vão representar o Brasil na última competição em solo japonês antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Os brasileiros conheceram seus adversários após sorteio das chaves.

Os duelos preliminares terão início às 23h (horário de Brasília) desta quinta-feira (21), e a disputa de medalhas começa a partir das 5h desta sexta (22). Todas as lutas serão transmitidas ao vivo no site da International Judo Federation (IFJ).

A delegação verde e amarela conta com nove homens e sete mulheres. Entre elas, está a piauiense Sarah Menezes, campeã olímpica de Londres 2012, que retorna às competições internacionais após se submeter a uma cirurgia no músculo peitoral, em julho passado. A judoca é a maior medalhista do país no Grand Slam do Japão: conquistou quatro bronzes, quando ainda competia no peso-ligeiro (48kg). A primeira luta de Sarah Menezes (categoria 52kg) será contra Christianne Legentil, das Ilhas Maurício.

O principal desfalque na equipe feminina será da campeã olímpica Rafaela Silva, suspensa voluntariamente por doping, que ainda aguarda julgamento. O time conta também com a peso-ligeiro Gabriela Chibana (48kg), Larissa Pimenta (52kg), Maria Portela (70kg), Mayra Aguiar (+78kg), Beatriz Souza (+78kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg).

Na equipe masculina, o Brasil será representado pelo atual campeão pan-americano Renan Torres (60kg), Eric Takabatake (60kg), Charles Chibana (66kg), Eduardo Katsuhiro (81kg), Leandro Guilheiro (81kg), Victor Penalber (81kg), Rafael Macedo (90kg), Leonardo Gonçalves (100kg) e Rafael Silva (100kg). (Da Agência Brasil)

Foto: Arquivo