Artigo: “Tudo por Dourados”

“TUDO POR DOURADOS”

José Tibiriçá Martins Ferreira, advogado e produtor rural, filiado ao  PSD

                      Este grupo político se reuniu várias vezes no ano de 2015, formado por três ex-prefeitos, vice-prefeitos, ex-secretários, todos da velha guarda  para ouvir o que as lideranças de nosso município pensavam sobre o presente e o que queriam no futuro tendo em vista as eleições de 2016, quando elegeriam o novo prefeito e novos vereadores.

As coisas não saíram como todos queriam, foi eleita uma prefeita com a adesão de dois ex-prefeitos que foram adversários na eleição de 88, um deles se elegeu vereador e o outro é secretário de planejamento. Aquela eleição foi decidida por uma diferença de 40 votos, houve disputa no judiciário. Eles diziam que tinham muita experiência e vontade de continuar com nosso município e passaram a ser aliados nas demais eleições e por coincidência são dois mineiros.

Artigo: José Tibiriçá Martins Ferreira, advogado e produtor rural, filiado ao PSD

Este ano será uma eleição diferente sobre novas regras e como Dourados tem 19 vagas para a câmara, cada partido poderá lançar 150% das vagas atuais, sendo 30% composta de mulheres. Não poderá mais haver coligação na chapa de vereadores com outros partidos, então será uma chapa pura e como há muitos partidos, poderá ter inúmeros candidatos e candidatas.

Muitos nomes já foram lançados como pré-candidatos nas tais enquetes e ex-governadores apresentaram nomes para o executivo, mas os tempos mudaram e os ex e nem o atual conseguiram emplacar os preferidos. Sinal que perderam o prestígio na transferência de votos e em Dourados poderá acontecer surpresa tanto no executivo como no legislativo.

Hoje há muito descrédito com a classe política para reunir as  pessoas, assim muitos utilizarão as redes sociais. Alguns vereadores deverão ainda retornar, outros que foram eleitos por legenda nas coligações terão dificuldades.

Muitos que foram aliados há quatro anos, aparecerão como adversários pregando que o executivo não cumpriu com as promessas e vão pedir o mea culpa, outros que foram adversários e aderiram ao executivo por espaço na administração terão outra justificativa. Assim em cada eleição há um motivo de apoio, surgirão muitos candidatos que atualmente são presidentes de associação, afinal confiam nos seus bairros para se chegar ao Palácio Jaguaribe.

Será que a maioria dos pré candidatos sabem quem foi Jaguaribe o patrono da Câmara de Vereadores de Dourados que é denominado Palácio Jaguaribe? Além do político existe o nome de rio localizado no Estado do Ceará.

Quem tiver dúvida, consulte o site da Câmara de Vereadores de Dourados e encontrará um trabalho feito por mim que poderá ajudar, porque alguém já até trocou o nome num discurso na câmara de Jaguaribe para Capibaribe, um rio que passa no Estado de Pernambuco.