Águia Negra e Aquidauanense disputam título estadual neste domingo

Time de Rio Brilhante pode ser campeão pela terceira vez enquanto Azulão busca conquista inédita

Rogério Vidmantas

No primeiro jogo, Águia Negra, de virada, venceu por 2 a 1 em Aquidauana (Foto: Franz Mendes)

Dia de ter novo campeão no Campeonato Sul-Mato-Grossense. Neste domingo (21), Águia Negra e Aquidauanense decidem o título da temporada em disputa envolvendo dois times do Interior, o que não acontecia desde 2012, com o mesmo Águia e Naviraiense. Vencedor na ida por 2 a 1, o time de Rio Brilhante pode até ser derrotado pela mesma diferença que levanta sua terceira taça. O Azulão precisa ganhar por diferença igual ou superior a dois gols para ser campeão pela primeira vez. A decisão será comandada por Marcos Mateus Pereira que será auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz e Daiane Caroline Muniz.

Para a partida, a diretoria do Águia Negra disponibilizou quatro mil ingressos e aproximadamente 80% deles já teriam sido vendidos. A venda segue até a hora da partida, com preços entre R$ 10 para arquibancadas descobertas e R$ 20 para arquibancadas cobertas. A expectativa é que cerca de 200 torcedores de Aquidauana estejam no estádio.

A trajetória dos dois clubes até a decisão foi bem diferente, principalmente na primeira fase. Enquanto o Águia Negra sempre esteve na liderança – perdeu a posição na última rodada – e foi o primeiro a conseguir classificação, o Aquidauanense somou 18 pontos, perdeu seis por utilizar um atleta irregularmente e correu risco de rebaixamento, só evitado com vitória justamente contra o adversário da final e fora de casa, justamente o que precisa fazer agora.

Nas quartas de final, o Águia Negra tomou um susto ao ser derrotado pela Serc na ida por 1 a 0, mas reverteu em casa, fazendo 2 a 0, enquanto o Aquidauanense, contra o Operário FC, melhor time da primeira fase, venceu em casa por 1 a 0 e buscou, no Morenão, a vaga ao empatar em 1 a 1, eliminando o principal favorito e, ainda, atual campeão.

Na semifinal, o Águia não teve dificuldade para eliminar o Sete de Dourados com duas vitórias, 3 a 1 fora e 2 a 1 em casa. O Aquidauanense encarou o Comercial e, depois de um empate sem gols em casa, voltou ao Morenão para buscar a classificação vencendo por 2 a 1.

Times

Para o jogo deste domingo, no Ninho da Águia, o técnico Rodrigo Cascca tem desfalques importantes. Contundido, o atacante Guilherme passa por tratamento intensivo desde a semifinal, mas sua escalação é improvável. Seu reserva imediato, Teteu, se machucou no primeiro jogo e também não joga. Cleiton deve jogar ao lado de Kareca. Suspensos, o zagueiro Jonatan e o meia Pedro também estão fora.

Sem surpresas, Cascca deve escalar o Águia com Filipe no gol; Gugu, Virgulino, Herbert e Fabiano; Russo, Jorginho, Marinho e Salomão; Kareca e Cleiton.

Do lado azul, Mauro Marino não tem desfalques, mas a necessidade de vencer fora de casa e tentar corrigir os erros que decretaram a derrota em casa pode fazer com que mude o time. O time deve começar com Diego; Robinho, Jaime, Tosta e Jô; Baiano, Peterson (Cy), Jefinho e Agnaldo (Uélison Santana); Rodrigo Jesus e Tiziu (Gibran)