São Bento 02

À rádio web, Délia anuncia que não irá disputar a reeleição em Dourados

compartilhe:

De Olho – 11/02/2019

DE OLHO

Prova de fogo

Novo secretário de Serviços Urbanos de Dourados, Fabiano Costa passou ontem por sua primeira prova de fogo. A chuva forte do início da tarde provocou danos diversos e o moço agiu com eficiência e rapidez, colocando o pessoal pra trabalhar, buscando soluções aos problemas das pessoas.

Dia do enfermo

Hoje é o Dia Mundial do Enfermo, data de origem religiosa que tem o objetivo de apelar para a sociedade e comunidade mundial por melhores condições de tratamento e atenção às pessoas doentes, seja nos hospitais, postos de saúde ou mesmo em casa. O Dia Mundial do Enfermo foi criado em 11 de fevereiro de 1992, por iniciativa do Papa João Paulo II. Também hoje se comemora o dia de Nossa Senhora de Lourdes, na Igreja Católica.

Prefeitura

Não se sabe por quais razões, mas o deputado estadual José Carlos Barbosa (DEM) tentou semana passada iniciar o debate sobre a sucessão municipal em Dourados. A votação acontecerá em outubro do ano que vem e, evidentemente, ainda há muita água para rolar sobre a ponte.

Prefeitura, ainda

De qualquer maneira, Barbosa já se apresenta como candidato a prefeito de Dourados, sonho que vem acalentando há um bom tempo, mas que não vem sendo levado muito a sério diante da pequena votação que recebeu no município para as duas eleições à Assembleia Legislativa.

Mais prefeitura

Ainda na semana passada, o grande líder de Barbosa, o também deputado estadual José Teixeira, que é presidente estadual do DEM, disse em entrevista em Campo Grande que Barbosa é o seu candidato a prefeito.

Clima ruim

Falar em sucessão municipal neste momento é cedo demais, diante do tempo que ainda falta e, claro, diante de tanta insegurança jurídica. Afinal, o clima em Dourados está bastante ruim para os políticos, não é mesmo? Não seria melhor trabalhar mais?

Tucanos

Assim sendo, é preciso lembrar que mesmo tendo o DEM como aliado político, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) muito provavelmente deverá ter um nome de seu partido na disputa. Nesse caso, quem surge com ampla vantagem é o ‘neo’ deputado estadual Marçal Filho.

MDB

Também não se pode esquecer do deputado estadual Renato Câmara (MDB), que disputou a prefeitura em 2016 e conseguiu votação bastante expressiva para quem entrou na campanha de última hora. Ao mesmo tempo, Renato foi bem votado em Dourados na sua reeleição para a AL, ano passado.

Sem reeleição

Enquanto isso, a prefeita Délia Razuk (PR) anunciou “em primeira mão” à rádio web Jafé que não pretende concorrer a um segundo mandato. Em entrevista ao radialista Silva Júnior, ela declarou que não irá concorrer à reeleição.

Sem reeleição mesmo

A prefeita de Dourados deixou claro que pretende se dedicar nesta segunda metade do primeiro mandato à realização do que falta da lista de 22 compromissos que assumiu com a população durante a campanha eleitoral, em 2016.

Situação

Saindo do quadro sucessório, a prefeita Délia terá que pensar em alguém para ser o candidato de sua administração. Mesmo estando em baixa popularidade, a prefeita terá o comando da máquina administração e, portanto, em condições de dar suas bençãos a algum candidato.

DEM

Voltando à precipitação do Democratas, é preciso lembrar que o partido tem outros nomes também em condições de disputar a prefeitura de Dourados. A começar pelo novo presidente da Câmara Municipal, vereador Alan Guedes.

Efeito Bolsonaro

Tem ainda o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro que provocou ‘estrago’ eleitoral diante da enxurrada de votos que recebeu nas urnas em outubro do ano passado. Ex-presidente estadual do partido, Rodolfo Nogueira não esconde de ninguém sua disposição em se candidatar a prefeito em 2020. Tem até ‘post’ em rede social.

Empresariado

Paralelamente a isso tudo, ‘De Olho’ ficou sabendo que grupo formado por conhecidos empresários da cidade está tentando se unir em torno de um nome ‘de fora da política’. Essa é uma história que se repete a cada eleição municipal e que acaba não se concretizando. Mas, vai que dessa vez vira, né!

Empresariado, ainda

No segundo mandato como presidente do Clube Indaiá de Dourados, o engenheiro agrônomo Angelo Ximenes tem sido citado em rodinhas de especulações sobre a sucessão de Délia Razuk. Ele também é vice-presidente do Sindicato Rural de Dourados. E pode ser o nome do tal grupo de empresários.

Corrupção

E tem até o farmacêutico Racib Harb, líder do Movimento Dourados Contra Corrupção. Conforme ‘post’ em rede social, ele também está de olho na sucessão municipal. Aliás, tal postagem tem sido argumento de entidades que se recusaram a assinar petição que pede a cassação de mandatos de vereadores acusados de corrupção.

Corrupção, ainda

A alegação é que o moço estaria usando o movimento em benefício próprio. Pelo sim, pelo não, o certo é que serviu de desculpa.

Leia também…

1- José Teixeira diz que Barbosinha é o seu candidato a prefeito de Dourados

2- Empresa ‘fornece’ marmitas até para hospital que não funciona

Jeep

WHATSAPP DIÁRIO

Logo whatsapp Diario MS