São Bento 03

A 7ª Mostra Audiovisual começa amanhã, com 36 filmes em cartaz

compartilhe:

Evento promovido pela Coordenadoria de Cultura da UFGD segue até domingo e terá show de Almir Sater no encerramento

 

A UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) realiza esta semana a 7ª edição da Mostra Audiovisual de Dourados (MAD), promovida pela Coordenadoria de Cultura. A abertura oficial aconteceu domingo (20), com o clássico Cine Concerto da Orquestra UFGD. A partir desta quarta-feira (22) até domingo (26) haverá a exibição filmes nacionais numa programação que inclui Mostra Infantil, Prêmio Curta do Mato e Grande Prêmio MAD, além do show de encerramento com Almir Sater.

 

A coordenadora de Cultura, Gicelma Chacaroski, revelou que a Mostra consegue atingir 17 estados brasileiros através do Grande Prêmio MAD. “É um projeto de extensão cultural que projeta a UFGD para além das fronteiras do Mato Grosso do Sul. Desta forma, a nossa Universidade consegue cumprir com sua função social e afirmar cada vez mais o credenciamento da extensão junto à sociedade como espaço privilegiado de produção do conhecimento, significativo para a superação das desigualdades sociais existentes, como prática acadêmica que interliga a Universidade nas suas atividades de ensino, pesquisa. A extensão e a própria universidade é mantida com nossos impostos, desta forma fazer extensão como devoluta social é uma obrigação da Uniiversidade”, disse.

 

PROGRAMAÇÃO

Nesta quarta-feira, às 8h, o público infantil poderá assistir ao filme “Os comedores de meia” (dirigido por Galina Miklínová, 2016, parceria com Festival Internacional de Cinema Infantil) e às 14h “O Rei Leão” (Rob Minkoff e Roger Allers, 1994).

A entrada é gratuita e as exibições serão no Cineauditório da Unidade 1 da UFGD (Rua João Rosa Goes nº 1761, Vila Progresso). Já estão confirmadas as escolas municipais Clori Benedetti, Padre Achieta, Izabel Muzzi Fioravanti, Weimar Gonçalves Torres e Antônia Cândida de Melo e os Centros de Educação Infantil Claudina da Silva Teixeira e Pedro da Silva Mota.

A Mostra Infantil contará com a exibição de seis filmes. Além de “Os Comedores de Meia” e “O Rei Leão”, também estão na programação: quinta-feira (23) às 08h “História sem Fim” (Wolfgang Petersen, 1984) e às 14h “Capitão Cueca” (David Soren, 2017); sexta-feira (24) às 08h “Viva – A Vida é uma Festa” (Lee Unkrich e Adrian Molina, 2018) e às 14h “Hoje eu não quero voltar sozinho” (Daniel Ribeiro, 2014).

Ainda nesta quarta-feira, às 19h, serão exibidos os curtas-metragens finalistas da Mostra Competitiva das categorias ficção e documentário. São eles: “Fracasso” (dirigido por Bruna Alana Simões da Silva); “O Homízio” (Gabriel Pereira Carvalho); “Soturno” (Gustavo Stafuzza Fidelis) e; “Caranguejo Azul” (Marcus Vinicius Teles Santos). Na categoria documentário serão exibidos: “Centenário: a memória dos rezadores GK” (Juvenal Hermes da Silva); “A vez das minas, experiências de jovens militantes em Dourados-MS” (Lais Laura Ribeiro); “Clareou, pode bater!” (Renata Meffe Franco) e; “Cortina de bambu” (Renata Meffe Franco).

São 20 produções sul-mato-grossenses concorrendo ao Prêmio Curta do Mato e 10 produções nacionais concorrendo ao Grande Prêmio MAD.

Haverá ainda a exibição de dois filmes brasileiros inéditos: “Torre das Donzelas” (Albertina Carri, 2019), no dia 23 de maio, às 20h. E “As Filhas do Fogo ”( Suzanna Lira, 2019), no sábado, às 20h.

E no dia 26 de maio, às 19h, na Unidade 2 (Cidade Universitária), encerra a Mostra o cantor e compositor sul-matogrossense, Almir Sater. Na oportunidade haverá a cerimônia de premiação da MAD.

A 7ª MAD conta com apoio do Governo do Estado de MS e a parceria com o Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI) e com a Vitrine Filmes.

 

SERVIÇO

Mais informações na Coordenadoria de Cultura pelo telefone (67) 3410-2872, e-mail: [email protected] e nas redes sociais: @madufgd

Jeep

WHATSAPP DIÁRIO

Logo whatsapp Diario MS