Diário MS
Get Adobe Flash player

UFGD e UEMS sediam primeiro seminário com o tema Mulheres Indígenas

DIVULGAÇÃO

EVENTO vai discutir a realidade das mulheres indígenas no Mato Grosso do Sul e no Ensino Superior

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, o Núcleo de Assuntos Indígenas da Universidade Federal da Grande Dourados (NAIN/UFGD) e o Programa Rede de Saberes promoverão, nesta quarta-feira (29), a partir das 08h, o “I Seminário de Mulheres Indígenas em Mato Grosso do Sul – Luta, Resistências e Autonomias”.

O evento, que contará com a presença de mulheres indígenas de diversas etnias, é realizado em parceria com a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) e aberto a toda a comunidade. Um dos principais objetivos é debater e refletir sobre a resistência das mulheres indígenas no estado e no Ensino Superior.

Ao todo, serão três mesas de debate com a participação de rezadeiras, lideranças femininas, participantes de Movimentos de Mulheres Indígenas (Aty Kuña), professoras, estudantes indígenas de graduação e pós-graduação, além de profissionais da saúde das aldeias e terras indígenas de diversos municípios do estado.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

 

Manhã – 08h
Local: Anfiteatro da UFGD/ Campus
Apresentação Cultural: Jehovasa
Mesa: Mulheres Indígenas em Mato Grosso do Sul: desafios e perspectivas
– Floriza da Silva – Ñandesy Kaiowa – Reserva Jaguapiru, em Dourados – MS.
– Jacy Duarte Vera – professora Guarani da Aldeia Paraguasu, em Paranhos – MS.
– Mestre Zuleica da Silva Tiago – Enfermeira Terena.
– Neide Salvador – vice-cacique da Terra Indígena Lalima, em Miranda – MS.
Mediadora: Mestranda Dercy Viana (UFGD)

Tarde – 13h30
Local: Anfiteatro da UEMS
Apresentação Cultural: Jehovasa
Mesa: Mulheres Indígenas e Ensino Superior
– Roseli Aquino – Ñandesy Kaiowá – Aldeia Panambizinho, em Dourados – MS.
– Clara Almeida – mestranda Kaiowa na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), Foz do Iguaçu – PR.
– Mestre Teodora de Souza – professora Guarani do Movimento de Professores Guarani e Kaiowa.
Mediadora: Mestranda Daniela Lourenço Gonçalves (UFGD)

Noite – 19h
Local: Anfiteatro da UEMS
Apresentação Cultural: Jehovasa
Mesa: Organizações e Movimentos Indígenas
– Leila Rocha – Aty Kuña – Liderança Guarani da Terra Indígena Yvu Katu, em Japorã – MS.
– Flávia Arino – liderança Kaiowa – Retomada Aty Jovem (RAJ), Caarapó – MS.
– Maria Dalva de Souza Fonseca – Aldeia Mãe Terra, em Miranda – MS.
– Mestre Maria de Lourdes Elias – professora Terena do Movimento de Professores Terena.
Mediadora: Arleti Martins (UEMS)