Diário MS
Get Adobe Flash player

Três encapuzados invadem casa e rendem família para roubar

Três pessoas da mesma família foram feitas reféns por um trio de assaltantes encapuzados que invadiu uma casa situada na Vila Industrial em Dourados. O assalto ocorreu no fim da noite de sexta-feira e ninguém ficou ferido.

De acordo com registro da Polícia Civil, os três moradores, um deles idoso de 61 anos, estavam em casa quando os três homens pularam o muro da casa e invadiram o imóvel. Armados com facas, os homens cobriram o rosto do idoso com um travesseiro e renderem as outras duas vítimas.

Os assaltantes exigiram que a família desse dinheiro e celulares. Os homens conseguiram levar R$ 400 da família e os celulares, que foram levados, acabaram sendo deixados pelos bandidos no lado de fora da casa.

A família conseguiu chamar a Polícia Militar depois que os homens fugiram e apesar das buscas ninguém foi preso. O caso foi registrado como roubo majorado pelo concurso de pessoas na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da cidade.

CAPITAL

Na Capital, nem mesmo dentro da igreja pessoas estão protegidas de bandidos. Por volta das 11 horas de ontem, fiéis e funcionários foram assaltados dentro da sede da Igreja Universal do Reino de Deus, da avenida Salgado Filho, na Vila Progresso.

Segundo as vítimas, um homem aparentando ter 30 anos entrou como se quisesse atendimento, foi até a cozinha da igreja onde estava um grupo de 15 pessoas e anunciou o assalto.

Armado, ele exigiu que as pessoas colocassem todos os pertences em uma mochila que trazia com ele e ameaçou atirar caso alguma das vítimas o seguisse. Depois de alguns minutos, fugiu do local levando 4 celulares, um notebook e dinheiro.

Pessoas que estavam em frente a igreja contaram que uma mulher esperava o ladrão do lado de fora, em uma moto de cor preta.

CRIMES

Desde a noite de quinta-feira, vários casos de assaltos têm sido registrados em Dourados. Na rua Edilberto Celestino um posto de combustível foi assaltado. Uma atendente de 29 anos que estava no local, contou a polícia que um desconhecido chegou no estabelecimento, anunciou o assalto e levou R$ 280 em dinheiro.

Ainda na noite de quinta, um jovem de 18 anos, trabalhava em uma lanchonete na rua General Ozório quando um desconhecido de moto chegou dizendo “não olhe pra mim, é um assalto”. Do local o bandido levou a quantia de R$ 350.

Já na noite de sexta-feira, por volta das 20h, um jovem de 22 anos seguia pela rua Cafelândia quando foi abordado por dois homens de bicicleta. Eles anunciaram o assalto levando do rapaz o aparelho de celular.

Por volta das 23h, um estudante de 16 anos voltava para casa, quando foi abordado por um grupo de cinco pessoas. O caso aconteceu na rua Major Capilé, próximo à escola Menodora Fialho, o adolescente foi levado a bicicleta.