Diário MS
Get Adobe Flash player

Travesti morre após levar 17 facadas em Dourados

Da Redação

Osvaldo Duarte

Na madrugada desta quarta-feira (22) por volta das 2h30, uma travesti de 40 anos foi morta com 17 facadas na região central de Dourados.

 

De acordo com registro policial, 8 travestis são suspeitas do crime, que teria sido causado pela disputa de ponto de prostituição.

 

Segundo informações cedidas pelas testemunhas, a travesti conhecida como Paola Bracho foi morta após briga que se iniciou na Rua Joaquim Teixeira Alves e terminou  com a  vítima esfaqueada em frente ao banco Santander, localizado na Rua  João Cândido Câmara.

A agressão durou aproximadamente 5 minutos e cada travesti portava uma faca na hora do crime.

A vítima levou 14 facadas nas costas, 3 no pescoço, além de pancadas com uma barra de ferro na região da cabeça.

Diante dos fatos, o crime foi registrado como homicídio doloso e será investigado.