Diário MS
Get Adobe Flash player

“Tecendo o desenvolvimento” informa municípios de MS sobre gestão pública

 

PROJETO| 2ª edição realizada na semana passada foi direcionada aos prefeitos e secretários de 13 cidades

DIVULGAÇÃO

O “Tecendo o desenvolvimento” tem o objetivo de levar informação aos prefeitos, vereadores e servidores municipais

A segunda edição do “Tecendo o desenvolvimento” em 2017, realizada na semana passada em Três Lagoas, foi direcionada aos prefeitos e secretários dos municípios de Água Clara, Paraíso das Águas, Aparecida do Taboado, Paranaíba, Brasilândia, Cassilândia, Santa Rira do Pardo, Chapadão do Sul, Selvíria, Costa Rica, Três Lagoas, Inocência e Ribas do Rio Pardo. Todos fazem parte da jurisdição do conselheiro Iran Coelho das Neves, Corregedor Geral do TCE-MS.  Mato Grosso do Sul possui 79 municípios e, na estrutura organizacional do Tribunal de Contas, os municípios estão distribuídos em seis (6) seis jurisdições, cada uma delas coordenada por um conselheiro.

O projeto “Tecendo o desenvolvimento”  tem o objetivo de levar aos prefeitos, vereadores e servidores municipais, informações e orientações dos sistemas de operacionalização técnica, visando à melhoria da qualidade dos serviços de controle e fiscalização. Uma contribuição vital para a correta aplicação do dinheiro público, como defende o presidente do TCE-MS, conselheiro Waldir Neves, e foi destacado na abertura do evento em Três Lagoas pela conselheira Marisa Serrano,diretora da Escoex, que representou o conselheiro Iran Coelho das Neves, corregedor  geral do TCE-MS, na abertura dessa edição. “A ideia nossa é fazer com que os gestores e os servidores tenham uma melhor informação. Se eles tiverem um bom conhecimento, vão errar menos”, ressaltou a conselheira.

A programação do evento em Três Lagoas começou com a palestra do diretor geral do TCE-MS, Eduardo dos Santos Dionizio, e da chefe do serviço de protocolo, Simone Amorim, sobre Calendário das obrigações, Resolução 54/2016 e e-Protocolo. Ainda foram abordados temas como licitações, prestação de contas, Sicon, atos de pessoal e descarte de resíduos sólidos, entre outros. Para encerrar o encontro o diretor de gestão e modernização, Douglas Avedikian, falou sobre Fiscalização da Receita – ISS e IPTU. Para ver a programação completa, acesse o site www.tce.ms.gov.br

O esforço do Tribunal em levar conhecimento está fortalecendo em Mato Grosso do Sul uma nova cultura entre gestores públicos. O prefeito de Água Clara, Edvaldo Alves de Queiróz, ressaltou a importância do evento. “Administrar as nossas coisas é fácil, mas lidar com o dinheiro público é mais difícil. Temos que trabalhar com seriedade. Daí a importância desse Fórum”.  Para o prefeito de Chapadão do Sul, João Carlos Krug, “o TCE está no caminho certo, trabalhando junto com as prefeituras, passando as informações e instruindo as equipes técnicas”.

Com essa iniciativa, o Tribunal de Contas vai além do papel institucional de fiscalizar o cumprimento da lei de responsabilidade fiscal. O projeto foi abraçado por todos os conselheiros da Corte, que assumiram o compromisso de desempenhar também um papel pedagógico e estabelecer um efetivo canal de comunicação com o gestor público.