Banner São Bento

Sorteio utiliza dois potes e compromete licitação para contratar agência de publicidade

compartilhe:

Malagueta – 24/11

 

Ministro Relâmpago

Que o deputado federal Carlos Marum (PMDB) é o político mais fiel aos aliados na atualidade ninguém duvida. Contudo, nem mesmo a postura de quase puxa-saquismo explícito do deputado com o presidente da República, Michel Temer (PMDB), foi capaz de garantir ao folclórico parlamentar o cargo de Ministro da Secretaria de Governo, Pasta responsável pela articulação política do governo no Congresso Nacional. Na terça-feira surgiu o boato que Marum, principal nome da tropa de choque do Palácio do Planalto na Câmara dos Deputados, estaria cotado para comandar o ministério. Seria o primeiro ministro de Mato Grosso do Sul desde que o saudoso senador Ramez Tebet assumiu, no final do governo Fernando Henrique Cardoso, a titularidade do Ministério da Justiça. Ontem pela manhã surgiu a confirmação que o sul-mato-grossense havia sido escolhido, de fato, ministro de Temer. Horas depois ele já não era mais, ou seja, acabou demitido antes mesmo de tomar posse.

 

Rejeição na Base

O estranho é que ainda pela manhã o Twitter oficial do Palácio do Planalto chegou a anunciar que Marum tomaria posse como ministro da Secretaria de Governo na mesma solenidade que empossaria Alexandre Baldy como ministro das Cidades. Ao final da solenidade, apenas Baldy era ministro e Marum apareceu com cara de paisagem para jurar que em momento algum o presidente Michel Temer o convidara para o cargo. Espia só!

 

Reinaldo em Dourados

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) aterrisa hoje em Dourados para apresentar um pacote de obras no mês que antecede ao aniversário do município. Serão assinadas as ordens de serviços de recapeamento asfáltico da Avenida Marcelino Pires, de construção do Centro de Diagnósticos Médicos, além do anúncio oficial da licitação das obras do Hospital Regional de Dourados. Agora vai!

 

Hospital Prometido

Tomara que o governador Reinaldo consiga, enfim, dar andamento ao projeto do Hospital Regional de Dourados. Nunca é demais lembrar que a obra teve início ainda no governo de André Puccinelli, quando foi gasto quase R$ 1 milhão na terraplanagem da área e construção do muro. No final, o projeto serviu apenas para garantir a valorização imobiliária da região, com o suposto benfeitor-doador da área ampliando o loteamento próximo ao local.

 

Remember de Obras

Nunca é demais lembrar que Reinaldo Azambuja esteve em Dourados no dia 29 de agosto do ano passado para assinar ordens de serviço do recapeamento da Rua Hayel Bon Faker e a urbanização do Núcleo Industrial. O projeto do Distrito Industrial, orçado em R$ 11,1 milhões, sendo R$ 9.416.343,03 no interior do DID e outros R$ 1.770.016,65 na obra de acessibilidade da rodovia MS-165, acesso ao Detran, mas o tal recapeamento da Hayel ficou pela metade.

 

Duodécimo Devolvido

Até o meio da manhã desta quinta-feira a prefeita Délia Razuk ainda não havia determinado o repassa do duodécimo da Câmara de Vereadores. É sabido que o município atravessa grande crise financeira, mas deixar de repassar os recursos constitucionais ao Poder Legislativo pode gerar problemas incontornáveis para a chefe do Poder Executivo Municipal.

 

Comunicação Licitada

Já está na mesa do Promotor de Defesa do Patrimônio Público as informações sobre o sorteio dirigido que a Comissão Permanente de Licitação da Prefeitura para a Prefeitura de Dourados ficar com maioria dos votos na subcomissão especial que vai eleger a agência de publicidade responsável pelos gastos do orçamento de quase R$ 4 milhões da Comunicação. Ao invés de colocar todos os nomes inscritos no mesmo pote, o pessoal da prefeitura sorteou primeiro aqueles com vínculo com a prefeitura e depois os sem vínculo.

 

Licitação Viciada

Dessa forma, os membros com vínculos com a prefeitura, ou seja, que estão nomeados e vinculados ao Executivo, foram os jornalistas Luiz Carlos Fernandes de Matos Filho e Antônio Pinto Viegas. O membro sem vínculo foi Jorge Pereira Lima, o popular JF, que alguns juram que tem mais vínculo que os próprios nomeados. Só mesmo o Ministério Público Estadual para colocar ordem nessa situação. Vai vendo!

 

Horário do Comércio

As entidades representativas do comércio de Dourados precisam definir urgentemente o horário de funcionamento para dezembro. Em anos anteriores, a Associação Comercial e Empresaria de Dourados (Aced), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista (Sindicom) trataram dessa questão sempre com antecedência e agora o fim do ano está chegando sem que os comerciantes tenham qualquer segurança jurídica para trabalhar.

 

Debatendo a Previdência

O Instituto de Previdência Social de Dourados realiza hoje e amanhã, na Câmara Municipal de Dourados, o Quinto Congresso Previdenciário para marcar uma década de existência do Previd. O ponto alto deste primeiro dia será a palestra, a partir das 20h, com o Secretário-Geral da OAB/MS, Marco Rocha, com o tema “Previdência Social: Instrumento de Proteção de Direitos e Garantias Fundamentais”.

 

Mobilidade Defendida

O vereador Marçal Filho (PSDB) está defendendo mudanças no projeto de revitalização da Avenida Hayel Bon Faker, que prevê alargamento das pistas de rolamento, com redução do canteiro central, novo e moderno sistema de sinalização horizontal, vertical e semafórica. Para Marçal, a prefeitura não pensou na mobilidade urbana como um todo quando elaborou o projeto.

 

Ciclovias na Hayel

Marçal defende mudanças no projeto para dotar toda extensão da Avenida Hayel Bon Faker de uma ciclovia. “Essa é a oportunidade de se incluir uma ciclovia, já que o investimento de recursos é do Governo do Estado”, defendeu o vereador ao citar como exemplo a avenida Afonso Pena, em Campo Grande, que possui em seu canteiro central cerca de 7,6 km de extensão de ciclovia, que começa na Praça Newton Cavalcante e vai até o Parque das Nações Indígenas.

 

Ardidas

  • O senador Renan Calheiros (PMDB), adversário declarado do presidente Michel Temer (PMDB), atacou publicamente o vice-líder do governo na Câmara dos Deputados, Carlos Marum (PMDB), que até ontem era cogitado para chefiar a Secretaria de Governo do Palácio do Planalto. Renan afirmou que Marum, aliado do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB), que está preso por imposição da Operação Lava Jato, foi indicação imposta pelo próprio Cunha na cúpula do governo. Tudo bem que o PMDB seja uma verdadeira Casa da Mãe Joana, mas a ilação que Marum seria ministro de Governo por imposição de Cunha só poderia partir de uma mente criminosa como a de Renan Calheiros.

 

  • Veja essa: a Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo (PRE) deu início a um procedimento preparatório eleitoral para investigar o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, por utilização de estrutura funcional com fins eleitorais. A investigação preliminar vai apurar se Skaf, que é filiado ao PMDB, valeu-se de propaganda do chamado Sistema S (Fiesp, Sesi e Senai) para reforçar sua imagem de pré-candidato ao Governo do Estado de São Paulo.

 

  • Para a Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo, há indícios de que a prática tenha ferido a legislação eleitoral. Segundo a investigação, a materialidade do ilícito eleitoral leva em conta que Skaf, como tudo indica, será mesmo candidato nas próximas eleições, algo passível de configurar propaganda eleitoral antecipada ou abuso de poder econômico, por exemplo. Nos últimos meses, uma propaganda institucional do Sistema S tem sido recorrentemente veiculada em veículos de comunicação de alcance nacional.

 

  • O pessoal da Procuradoria Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul bem que poderia pegar carona nesta iniciativa e investigar também o uso político dos recursos da Federação da Indústria de MS, a poderosa Fiems. O empresário Sérgio Longen, ligado umbilicalmente ao Partido da República (PR), não tem medido esforços para fortalecer a legenda no Estado. Vai que os procuradores do Estado acabem descobrindo que o mesmo que ocorre em São Paulo é praticado por essas bandas.
CORPAL
VIA MAX
Luau Indaiá-SAFETY

WHATSAPP DIÁRIO

Logo whatsapp Diario MS