Diário MS

Sete de Dourados paga salários antes de jogo decisivo contra Corumbaense

EM DIA | Clube douradense tem feito também pagamentos de salários referentes à disputa do Brasileiro em 2016

 

Bárbara Ballestero | Diário MS

Já classificado, o SETE DE DOURADOS quer fechar a primeira fase do Estadual na terceira posição

O Sete de Dourados tem partida decisiva neste domingo contra o Corumbaense, fechando a primeira fase do Campeonato Estadual. Terceiro colocado do Grupo B, o atual campeão precisa dos três pontos para manter a posição sem depender de outros resultados, além de, dependendo dos resultados do Grupo A, ter vantagem de jogar pela igualdade no confronto de quartas de final.

Além da motivação natural pela vitória e conseguir termina bem a fase de classificação, os jogadores do Sete ganharam mais um incentivo. O gestor do clube, Tony Montalvão, liberou o pagamento dos salários, que estava previsto para a próxima segunda-feira (27). Assim, o clube entra abril sem nenhuma pendência com os jogadores.

Poder quitar mais uma folha salarial é motivo de comemoração por parte do dirigente. Mesmo com as dificuldades do clube na captação de recursos, muito por causa do atual momento econômico do país, o Sete está conseguindo manter o pagamento dos jogadores em dia e ainda manter boas condições de alimentação e estadia àqueles que defendem as cores do time. “Claro que enfrentamos as mesmas dificuldades dos outros clubes que disputam o campeonato, mas tomamos algumas medidas para evitar os problemas que tivemos no ano passado e estamos conseguindo”, analisa.

2016

O dirigente se refere aos atrasos de pagamentos dos jogadores que estavam no Sete durante a Série D do Campeonato Brasileiro no segundo semestre do ano passado. Sem o suporte financeiro prometido por empresas que pretendiam patrocinar o clube na competição, Tony precisou negociar com os atletas para que a dívida fosse quitada posteriormente, alguns acordos foram feitos judicialmente.

“Essa situação realmente nos atrapalhou muito, mas estamos conseguindo resolver da melhor maneira possível. Nesta semana mesmo fizemos pagamentos para cinco ou seis jogadores que entraram na justiça e o pagamento foi feito antes mesmo da audiência”, explica.

O empenho em pagar esses salários tem sido reconhecido pelos próprios jogadores; muitos já se colocaram à disposição do Sete para a disputa do próximo Campeonato Brasileiro, que começa em maio. De volta ao futebol do Nordeste neste primeiro semestre, o atacante Otacílio Neto, um dos mais festejados pelo torcedor durante o Brasileiro, é dos que podem retornar ao clube.