Diário MS
Get Adobe Flash player

Samu completa 9 anos com atuação ‘‘além do resgate’’

SAÚDE| Órgão vinculado à Secretaria de Saúde avaliou trabalho que têm sido o diferencial de atendimento

 

A. Frota

Prefeita Délia Razuk acompanha funcionamento de toda a estrutura do Samu em Dourados

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) completou nesta sexta-feira, nove anos de instalação em Dourados. Uma solenidade na sede da instituição marcou a comemoração.

O coordenador do Samu, Jony Alisson Bispo Santana, recepcionou imprensa e convidados, entre eles o secretário de Saúde, Renato Vidigal, e a prefeita Délia Razuk. Santana destacou todo o trabalho do Samu e ressaltou que, desde o dia 1° de janeiro até 30 de março deste ano, a unidade regionalizada – concentra chamadas de Dourados, Naviraí, Ponta Porã e Nova Andradina – realizou quase 15 mil atendimentos.

“Temos uma parceria com a Procuradoria do Trabalho, Justiça do Trabalho e Ministério Público Estadual, assegura um serviço de radiofonia digital de última geração, que permite longo alcance, além de rastreamento das ambulâncias por sistema GPS”, disse o. Segundo ele, mediante a implementação de softwares de atendimentos, o sistema permite armazenar todas as informações para geração de dados estatísticos.“Monitoramos em tempo real a localização da UR, permitindo que o gerenciamento das ocorrências ganhe em tempo resposta dos atendimentos”, disse o coordenador.

A prefeita Délia parabenizou toda a equipe e o trabalho de atendimento, mas destacou as demais atividades desempenhadas pelo Samu e que vão além do resgate. “Quero parabenizar o Samu pela importância do trabalho em nosso município, com muita vontade e com muita disposição para o trabalho. OSamu faz a diferença”, parabenizou a prefeita.

Entre estes trabalhos mencionados pela prefeita, o coordenador Jony ressalta as parcerias com as unidades do Samu em Campinas, São Paulo, e Brasília, no Distrito Federal, e com as universidades em Dourados.

Com a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), inclusive, a parceria permite que alunos do curso de medicina tenham na grade curricular aprendizado referente ao Serviço. O Samu tem também parcerias com a Anhanguera Dourados e Unigran.

Com a Unimed, uma parceria firmada permite que os funcionários do Samu Dourados participem de 20% das palestras e capacitações ministradas na empresa.

Nas escolas e creches, o Samu tem ministrado palestras de conscientização sobre os danos que o trote telefônico causa para o sistema de atendimento das ocorrências e, segundo o coordenador, tem diminuído a incidência do problema.

Além disto, neste início da nova administração, o Samu tem sido responsável por fazer a entrega e a capacitação dos funcionários nos 46 postos de saúde do Desfibrilador Elétrico Automático (DEA), aparelho que serve para primeiros atendimentos nas unidades.

“Comemoramos nove anos de Samu Dourados, a ‘família Samu’, que trabalha com dedicação. Queria dar os parabéns a todos, porque são um exemplo de atendimento”, disse o secretário de Saúde, Renato Vidigal.