Diário MS
Get Adobe Flash player

PMA autua proprietário rural em R$ 8,4 mil por armazenamento de 8m³ de madeira ilegalmente

Assessoria

 

Policiais Militares Ambientais de Cassilândia foram acionados por Policiais Civis de Paranaíba, que investigavam um incêndio criminoso no Assentamento Serra ontem (11) à tarde, para averiguar a legalidade de madeiras armazenadas por um assentado.
No local, a PMA verificou que 8 m3 de madeira da espécie Peroba serrada em vigas, pranchas e tábuas eram armazenados sem o documento de origem expedido pelo órgão competente. Parte do produto havia sido queimado durante o incêndio.
O assentado proprietário do produto florestal armazenado não possuía autorização ambiental (DOF – Documento de Origem Florestal), que é o documento legal para se ter em depósito ou transportar qualquer produto florestal.
O infrator (42), residente em Paranaíba, foi autuado administrativamente e multado em R$ 8.423,00. Ele também responderá por crime ambiental, com pena prevista de seis meses a um ano de detenção.