Diário MS

Parlamento Europeu aprova pedido de divisão do Google na Europa

O Parlamento Europeu votou e aprovou nesta quinta-feira (27) uma moção que sugere o desmembramento dos serviços na internet oferecidos por uma mesma empresa, o que visa a divisão de empresas como o Google.

O órgão não pode decidir pela divisão de empresas. Com a resolução, debatida na quarta-feira, porém, pretende enviar uma mensagem à Comissão Europeia, o braço Executivo da União Europeia, que move um processo contra o Google por abuso de posição dominante.

Os deputados europeus aprovaram a resolução com 384 votos, 174 votaram contra e 56 se abstiveram, segundo a agência de notícias “France Presse”.

Sem poder vinculante, a votação é puramente simbólica. O Parlamento adota dezenas de resoluções, mas esta em particular, chamada de ‘Resolução para a Defesa dos Consumidores no Mercado Digital’, mesmo sem citar o Google, está dirigida à empresa. A moção pede à Comissão “que considere as propostas destinadas a desvincular os motores de busca de outros serviços comerciais”.

“Queremos dar um sinal forte à Comissão Europeia, mas também às empresas americanas, como Google”, afirmou semana o deputado socialista Marc Tarabella, da Bélgica. “Sou contra os monopólios”, afirmou o deputado liberal pela Espanha, Ramón Tremosa. “[O Google] controla 90% do mercado dos motores de busca em muitos Estados membros, e o tratamento preferencial dos serviços que oferece é claro e está provado”, acrescentou.

A embaixada dos Estados Unidos expressou preocupação. Informou ser necessário pedir que “todo processo para identificar possíveis prejuízos à concorrência e suas possíveis soluções se baseiem em soluções objetivas e imparciais e não politizadas”.

A Comissão começou a investigar o Google em novembro de 2010 sob a suspeita de abuso de sua posição dominante. A acusação é de que a empresa privilegia seus serviços nos resultados de busca enquanto “esconde” as ferramentas concorrentes. A Comissão já fez três vezes modificações nas soluções propostas pelo Google. (G1)