Diário MS
Get Adobe Flash player

Obama desmente acusações de Trump sobre espionagem de telefones

ÚLTIMO SEGUNDO IG

Atual presidente norte-americano havia afirmado que Barack Obama ordenou que seus telefones fossem grampeados durante campanha

Por meio de porta-vez, Barack Obama desmentiu as acusações de Trump
Yenny Muñoa/CubaMINREX 21.03.2016

Por meio de porta-vez, Barack Obama desmentiu as acusações de Trump

Kevin Lewis, porta-voz do ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama, desmentiu as acusações feitas por Donald Trump neste sábado (4). O atual mandatário norte-americano havia feito uma publicação no Twitter afirmando que Obama ordenou que seus telefones fossem grampeados durante a campanha eleitoral do ano passado. Trump, no entanto, não apresentou nenhuma prova.

“A regra fundamental da administração Obama era que nenhum funcionário da Casa Branca jamais interferisse em qualquer investigação independente conduzida pelo Departamento de Justiça. Como parte dessa prática, nem o presidente nem qualquer funcionário da Casa Branca ordenaram espionar nenhum cidadão americano. Qualquer sugestão contrária é simplesmente falsa”, afirmou Lewis, por meio de um breve comunicado.

As acusações

Além de não apontar nenhuma prova para as acusações feitas contra Obama, o presidente dos Estados Unidos também não citou a fonte de suas informações. Na rede social, Trump publicou uma sequência de tweets sobre o caso. “Acabei de descobrir que Obama interceptou as linhas da Trump Tower pouco antes da vitória. Nada foi encontrado. Isso é McCartismo”, escreveu, fazendo referência à perseguição contra comunistas nos Estados Unidos durante a Guerra Fria.