• Início
  • Notícias
  • Elias Ishy cobra investimentos e serviços no bairro Flor de Maio

Ishy indicou à administração municipal, serviços de roçada, poda de árvores e limpeza às margens da rua Paisandu

Elias Ishy cobra investimentos e serviços no bairro Flor de Maio

Imagem: Divulgação
O bairro é novo em uma região populosa, por isso carece de equipamentos públicos, segundo o vereador 
 
Durante o mês de fevereiro e março, o vereador Elias Ishy encaminhou à prefeitura de Dourados, com cópias da Secretaria de Governo, Obras, Serviços Urbanos e ao IMAM - Instituto Municipal de Meio Ambiente, duas indicações e um requerimento relacionados ao bairro Flor de Maio.
 
 
O parlamentar solicitou informações quanto às áreas verdes adjacentes ao Residencial pedindo a cópia digital com as delimitações, dimensões e finalidades do local, no sentido de identificar todas as públicas e se são elas Zona de Especial Interesse Ambiental (ZEIA), Áreas de Preservação Permanente (APP), entre outras. Ele quer saber também quanto aos investimentos nesses espaços, se há estudos ou projetos em andamento.
 
 
Ishy ainda indicou à administração municipal, serviços de roçada, poda de árvores e limpeza às margens das ruas Paisandu, Nivaldo Santana e Francisco Luiz Viegas. Ele afirma ter recebido diversas reclamações dos moradores que residem às margens do bosque, quanto ao matagal e sujeira que se formou recentemente naquele trecho. “Além da poluição visual, moradores têm despejado entulhos e diversos outros tipos de lixo propiciando a proliferação de insetos e animais indesejáveis e prejudiciais à saúde”, enfatiza.
 
Outra reivindicação dos cidadãos seria referente à construção de meio-fio na rua José Cândido de Melo, entre as ruas Jovino Luiz Viegas e Paissandu, no acesso ao bairro.  Nesse local, um matagal toma conta e acaba danificando a pavimentação asfáltica.
 
 
Todas as informações foram constatadas pela equipe do mandato em visita ao local. “Esse é um bairro novo, em uma região populosa (Industrial, João Paulo II, Ponte Branca, Parque das Nações), com aproximadamente 400 lotes residenciais, por isso, carece de equipamentos para lazer e um calendário de limpeza para manutenção dessas áreas”, finaliza Ishy.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados