É a quarta vez que Duda Amorim é contemplada pela Federação Européia

Brasileira é eleita a melhor defensora da Champions League

Por Juliano Justo
Agência Brasil
Imagem: COB
A jogadora Eduardo Amorim, mais conhecida como Duda Amorim,  da seleção brasileira feminina de handebol, foi eleita, pela quarta vez na carreira, a melhor defensora da temporada 2019/20 da Champions League (Liga das Campeãs) da modalidade.
O anúncio foi feito pela Federação de Handebol da Europa (EHF, sigla em inglês), por meio de comunicado oficial publicado no site da entidade. Esta é a segunda vez seguida que Duda Amorim, como é mais conhecida, é escolhida como melhor defensora.
“Estou muito feliz com essa nomeação. E muito agradecida de ter recebido tantos votos! Essa conquista serve de motivação pra começar mais uma temporada”, revelou a atleta catarinense, à Agência Brasil. 
Duda Amorim defende o time húngaro Gyory Eto KC, desde 2009. A brasileira recebeu 11.029 votos na eleição realizada no site da EHF.
Além de ter feito parte da seleção do continente europeu nos anos de 2016, 2017, 2019 e 2020, Duda coleciona várias outras conquistas expressivas. Entre elas, a defensora foi escolhida a melhor jogadora do mundo em 2014, conquistou cinco troféus da Champions League, e também fafturou o título mundial com a seleção brasileira em 2013.
Vale destacar que a votação desse ano ocorreu mesmo sem a Champions League ter sido finalizada. Os jogos eliminatórios foram adiados para o final do ano, e as novas datas ainda não foram definidas. Existe a possibilidade das quartas de final serem canceladas, com o torneio indo direto para a disputa do “Final Four”, já confirmado para os dias 5 e 6 de setembro. A fase final ocorreria com as quatro melhores equipes da primeira fase: Metz, Esbjerg, Györi e Brest Bretagne.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados