Carlos Alberto de Assis (centro) visitou Guanandizão com Rodrigo Terra (esquerda) e Marcelo Miranda (direita)

Pandemia adia reinauguração do Ginásio Guanandizão

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Chico Ribeiro/Portal do MS
Com reforma quase concluída, Governo e Prefeitura esperam poder entregar obra dia 26 de agosto
 
O Ginásio Avelino dos Reis, o Guanandizão, estará pronto para receber competições nacionais e internacionais após passar a pandemia causada pelo novo coronavírus. Antes da crise, a reinauguração estava marcada para o mês de julho, com a realização de uma etapa da Liga Mundial de Vôlei Marculino, com Brasil, Alemanha, Itália e Rússia, competição suspensa e que não deve ter a edição deste ano.
 
A conclusão da reforma e readequação do ginásio deve ter a conclusão em junho, conforme o cronograma inicial. Sem a competição internacional em junho, Governo e Prefeitura de Campo Grande estudam a melhor data para a entrega da obra, sendo o aniversário da Capital, 26 de agosto, o mais provável. “Se não fosse essa pandemia, no próximo dia 20 de junho estaríamos inaugurando com jogos da Liga das Nações de Voleibol. Mas não tem problema. Vamos aguardar a reabertura dos campeonatos para fazer essa grande entrega”, explicou o secretário especial de Gestão Política do Governo do Estado em Campo Grande, Carlos Alberto de Assis. 
 
Com quadra, arquibancada, sistema elétrico e teto prontos, o Guanandizão passa por ajustes finais para ser entregue. Também já foram recuperados a parte hidráulica, vestiários, alojamentos, banheiros e pintura, além de terem sido concluídas melhorias para garantir acessibilidade e segurança. Agora, está em andamento a reurbanização externa da praça esportiva, como alambrado, calçada, pista de caminha e paisagismo.
 
Concluído, o Ginásio estará apto a receber diversos eventos, esportivos ou cultural, conforme explicou o diretor-presidente da Fundação Municipal de Esportes de Campo Grande (Funesp), Rodrigo Terra. “É um ginásio poliesportivo. A gente pode realizar qualquer tipo de modalidade, em especial as coletivas, com a quadra oficial, como voleibol, futsal, basquete e handebol, mas também podemos ter esportes individuais, como judô e ginástica. Isso tudo além dos eventos culturais”, explicou.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados