• Início
  • Notícias
  • Federação e clubes comemoram convênio com Fundesporte para Estadual

Francisco Cezário assina convênio que garante aporte financeiro aos clubes que disputam o Estadual

Federação e clubes comemoram convênio com Fundesporte para Estadual

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Anderson Ramos/Capital News
Valor liberado é 30% maior que anos anteriores e será usado para gastos como hospedagens, arbitragem e material esportivo
 
O Campeonato Sul-Mato-Grossense começa neste domingo (28) e mais uma vez a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul e os clubes comemoram o apoio da do Governo do Estado, através da Fundesporte, destinados às despesas primárias para a competição que termina em meados de maio. Convênio fechado nesta sexta-feira prevê aporte de R$ 820 mil para serem usados em hospedagens e alimentação em viagens, arbitragem, entre outros.
 
O valor do convênio em 2021 é aproximadamente 30% maior que anos anteriores e inclui novos gastos, como ajuda com material esportivo, além de manter o incentivo para transmissão dos jogos por meio da Associação de Cronistas Esportivos de Mato Grosso do Sul (Acems). “O governo tem feito sua parte com apoio ao esporte como um todo, desde a categoria de base, as ações sociais, até chegar ao futebol profissional, como nenhum outro governo faz”, disse Marcelo Miranda, diretor-presidente da Fundesporte.
 
O Presidente da Federação, Francisco Cezário, aponta a importância do convênio para a disputa do Campeonato Estadual. “Se não fosse assim, dificilmente teríamos dez clubes disputando a Série A”, disse ao Capital News. Segundo ele, a gestão dos recursos é feita diretamente pelos clubes, sob a responsabilidade da FFMS. “Os clubes são os beneficiados pelo convênio sob a orientação e reponsabilidade da Federação na prestação de conta e em todos os anos essas foram aprovadas”, atesta.
 
Entre os dois principais clubes de Campo Grande, o discurso é o mesmo, exaltando a importância da parceria para conseguirem colocar o time em campo para a disputa. “Isso é muito importante, já que faltam investimentos privados aos clubes”, resumiu o presidente do EC Comercial, Cláudio Barbosa. “Se não fosse esse apoio, teríamos muitas dificuldades. Particularmente, com o pagamento à arbitragem. É um recurso que vai nos ajudar muito com os deslocamentos realizados durante à competição, com hospedagem e alimentação nos jogos como visitantes”, pontuou o presidente do Operário FC, Estevão Petrallás.
 
Primeira Rodada
 
O Campeonato Estadual começa com quatro jogos neste domingo, três deles às 15h. Pelo Grupo B, no Estádio Morenão, o Comercial joga contra o ABC e no Laertão o Costa Rica recebe o Três Lagoas, com a SERC folgando. Pelo Grupo A, o DAC faz seu primeiro jogo na Série A contra o Aquidauanense no Estádio Douradão. No único jogo das 17h, o Águia Negra enfrenta o Novo no Estádio Ninho da Águia, em Rio Brilhante. Nesta chave, o Operário folga na primeira rodada, fazendo sua estreia no campeonato apenas no dia 14, contra o DAC, em Dourados.
 
A primeira fase termina no dia 14 de abril e no dia 18 começa a segunda fase, com encerramento da competição previsto para o dia 23 de maio.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados