Flamengo tem a pequena vantagem do empate sem gols no jogo de volta

Flamengo empata com Racing e traz decisão para o Rio

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Alexandre Vidal/CR Flamengo
ogo em Avellaneda ficou 1 a 1 e, na volta, o Mengão avança com 0 a 0
 
Gols válidos no início e outros anulados. Assim foi o empate entre Racing-ARG e Flamengo pelas oitavas de final da Copa Libertadores nesta terça-feira (24). Em Avellaneda, o jogo de ida terminou igual em 1 a 1, gols de Fertoli e resposta imediata de Gabriel Barbosa (veja abaixo). O time argentino ainda marcou outros dois gols e o Mengão mais um, todos anulados por posicionamento irregular dos jogadores. 
 
Os dois times voltam a se enfrentar na próxima terça (1), no Maracanã. O time de Rogério Ceni tem a pequena vantagem de avançar no caso de empate sem gols. Novo 1 a 1 a disputa termina nos pênaltis e empate com placar de 2 a 2 ou mais, passa o Racing. Quem vencer, claro, também se classifica.
 
O Jogo
 
O Racing começou melhor a partida no Estádio Presidente Perón e marcou aos 12 minutos. Pela esquerda, Fabrício Domínguez deixou Filipe Luís e Gerson para trás e cruzou rasteiro para Fertoli se antecipar à Renê e Diego Alves e desviar para o gol. A comemoração argentina durou pouco. No primeiro ataque após levar o gol, Bruno Henrique passou em velocidade pelo marcador pela esquerda, invadiu a área e rolou com precisão para a conclusão de Gabriel, livre na pequena área, empatar.
 
O Racing não conseguiu manter a pressão por todo o tempo, mas seguiu encontrando espaços e foi para o intervalo com mais finalizações (7 a 3), mas, em chutes certos, houve igualdade. Por um lado, Lisandro López fez Diego Alves ir ao chão em cabeçada, enquanto Bruno Henrique acertou a trave.
 
No segundo tempo, logo aos cinco minutos, em dois cruzamentos de Mena, Lisandro López já havia tido um gol anulado (corretamente por impedimento) e perdido outra chance clara. Pelo Flamengo, quem levou perigo à meta de Arias foi Vitinho, que entrou no lugar de Gabigol aos 11. Contudo, o camisa 11 estava impedido nos dois lances: no primeiro, serviu Arrascaeta que chegou a balançar a rede; no segundo, o goleiro argentino fez boa defesa e espalmou para escanteio, mas já não valia.
 
O Flamengo, com maior participação de Everton Ribeiro, Arrascaeta e Vitinho, passou a dominar as ações ofensivas, mas com dificuldades defensivas. O Racing chegou a marcar o segundo gol, também anulado por impedimento. O time brasileiro perdeu o zagueiro Thuler, expulso, e tratou de se fechar e garantir o empate fora de casa
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados