Fiat Línea roubado e vendido no Paraguai

Grupo roubava carros da prefeitura para vender no Paraguai

Por Helio de Freitas
Campo Grande News
Imagem: Divulgação
Triton e Línea foram roubados no dia 9 de agosto do pátio da Prefeitura de Naviraí 
 
Estão presos os três assaltantes que no dia 9 de agosto deste ano roubaram dois veículos da frota oficial da Prefeitura de Naviraí, cidade a 366 km de Campo Grande. A caminhonete Mitsubishi L200 Triton e o Fiat Línea foram levados da garagem da prefeitura após o vigia ser dominado pelos bandidos e vendidos a receptadores no Paraguai.
 
 
Os acusados são dois adultos de 19 e 20 anos e um adolescente de 17 anos. O assalto foi desvendado pelo SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil através da Operação Amyantas.
 
Conforme a assessoria de comunicação da Polícia Civil, os investigadores descobriram que o crime foi planejado pelos dois homens e pelo adolescente.
 
No dia do assalto, os três se reuniram na casa de um deles, cumprindo pena sob regime de monitoramento por tornozeleira eletrônica, e combinaram como iriam efetuar o crime. Também acertaram quem seria o comprador dos veículos roubados.
 
Na garagem, os três renderam o vigia usando um taco de beisebol e uma faca. Agredido, o servidor foi colocado no porta-malas do Fiat Línea e deixado na margem da BR-163. O carro e a caminhonete foram vendidos no Paraguai e o trio voltou a Naviraí de táxi.
 
Depois de esclarecer o crime, a polícia pediu a prisão preventiva dos assaltantes. Com os mandados expedidos pela Justiça, os três foram recolhidos e colocados à disposição do Poder Judiciário.
 
Segundo a Polícia Civil, “Amyntas” deriva da palavra amyntor, que em grego significa “defensor”, e faz referencia ao trabalho desenvolvido com a missão investigar fatos criminosos visando a defesa do cidadão. 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados