Mayra Cardi quer anular o seu casamento com Arthur Aguiar

Aparentemente Mayra não quer só se separar de Arthur.
Em dezembro do ano passado, a influenciadora digital Mayra Cardi causou um alvoroço na web depois de revelar que era casada com dois maridos, já que a coach não teria se divorciado de Egil Greto Guarize, com quem se casou nos Estados Unidos, antes de conhecer e se envolver com o ator Arthur Aguiar. 
Na época da revelação, a empresária alegou que havia se esquecido que havia se casado em 2014, quando tomou a decisão de firmar uma união com Arthur no Brasil. Para resolver a situação, a influenciadora teria entrado na Justiça de São Paulo agora com um requerimento de regularização do seu estado civil – que tem como foco anular o seu casamento com Arthur – de acordo com Fábia Oliveira, do jornal ‘O Dia’. 
No processo datado de 10 de setembro deste ano, a influenciadora solicita que o casamento com Greto, realizado na Flória (EUA), tenha validade no Brasil, e, assim, ela anularia a sua união com Arthur.  
“Requer-se a este MM. Juízo que seja validado o casamento no Estado da Flórida, Estados Unidos da América entre a Sra Maíra Cardi com o Sr. Egil Greto Guarize, para que, ato contínuo e na forma prevista em Lei, possa a Autora (Mayra) pugnar pela anulação do casamento celebrado entre a Sra. Maíra Cardi com o Sr. Arthur Aguiar”, diz o processo, de acordo com o jornal ‘O Dia’. 
Ao tornar legal seu casamento com Greto no Brasil, a união com Arthur seria anulada automaticamente, já que, caso contrário, ela se tornaria bígama, o que é um crime no Brasil e pode render pena de reclusão de dois a seis anos. 
Além da bigamia, Mayra também poderia responder por falsidade ideológica caso tenha se declarado solteira no momento em que se casou com o Arthur, quando, na verdade, era legalmente casada no exterior. Segundo constaria no processo, Mayra solicita a transcrição do casamento com Greto para sua certidão de casamento brasileira.  
De acordo com Fábia Oliveira, o que teria motivado que agora ela quisesse legalizar sua união com Greto no Brasil – e assim anular seu casamento com Arthur (correndo o risco de responder pelos crimes de bigamia e falsidade ideológica) – seria evitar a partilha de bens com o Arthur, já que eles seriam casados com Comunhão Parcial de Bens segundo a referida jornalista. Assim, todo o patrimônio adquirido após a celebração do casamento civil é dividido entre os dois, em igual proporção. 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados