• Início
  • Notícias
  • Marinho marca, João Paulo garante e Santos vence o Grêmio na Vila

Marinho (centro) marcou os dois gols do Santos em cobranças de pênaltis

Marinho marca, João Paulo garante e Santos vence o Grêmio na Vila

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Twitter Oficial/Santos FC
Atacante fez os gols na vitória do Peixe por 2 a 1 e o goleiro evitou o empate gremista nos acréscimos
 
Se o Santos tivesse que escolher dois jogadores para pagar “bicho” com aumento neste domingo (11), esses seriam João Paulo e Marinho. O atacante marcou os dois gols do Peixe na vitória sobre o Grêmio por 2 a 1 pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, com Diego Souza descontando. O goleiro, com boas defesas garantiu o resultado, a última delas já com 52 minutos do segundo tempo, evitando empate certo (veja abaixo)
 
Agora com 24 pontos, o Santos divide a quinta posição com o Fluminense, mas em desvantagem nos critérios de desempate. O Tricolor, com 17 pontos, é o 12º colocado.
 
O jogo
 
Primeiro tempo na Vila Belmiro foi de vantagem para o Santos. O gol foi de pênalti, e aconteceu aos 17 minutos depois que a bola bateu no braço de Paulo Miranda dentro da área. Marinho foi para a cobrança e, com cavadinha, deslocou Vanderlei e abriu o placar para o Santos. Aos 33, o Peixe quase amplia com Kaio Jorge, mas a bola acerta a trave. No minuto seguinte, a melhor chance do Grêmio com Lucas Silva. O volante arrisca de fora da área e obriga João Paulo a fazer a primeira grande defesa do jogo.
 
No segundo tempo, Marinho teve a chance de fazer seu segundo gol no jogo, já dentro da área, mas acertou a trave. Depois o Grêmio melhorou, e poderia ter empatado aos 21 minutos, mas tinha um João Paulo no caminho. Após jogada pela esquerda, Cortez chega próximo à pequena área, mas o goleiro cresce e evita o gol. Aos 27 não teve jeito. Em bela troca de passes pela esquerda que envolveu quatro jogadores, Pepê recebe na área e toca na meia lua para Diego Souza bater colocado, no canto, e empatar o jogo.
 
Mas a igualdade não durou muito. Aos 30, pela esquerda, Arthur Gomes cruza e Marinho e derrubado por David Braz na hora da conclusão. Pênalti marcado com o auxílio do árbitro de vídeo. O próprio Marinho foi para cobrança, com segurança, fazendo 2 a 1. Depois, em conclusões de Madson e Lucas Veríssimo, Vanderlei evitou que o Peixe ampliasse, mas a defesa que definiu o jogo veio já nos acréscimos. Aos 52 minutos, Maicon ajeitou a bola de fora da área e mandou uma bomba, no ângulo, mas João Paulo voou para desviar para escanteio e garantir a vitória do Santos em casa.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados