• Início
  • Notícias
  • Professor da UFGD recebe menção honrosa em premiação nacional

O docente Nei de Freitas Nunes Neto, da Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais da UFGD

Professor da UFGD recebe menção honrosa em premiação nacional

Imagem: Divulgação
O professor Nei de Freitas Nunes Neto, da Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais da UFGD foi contemplado, na última semana, com a Menção Honrosa do Prêmio CAPES de Tese, em sua edição 2020. Ele recebeu o reconhecimento por ter atuado como coorientador de um projeto de doutorado em programa de pós-graduação da Universidade Federal da Bahia (UFBA), com o qual contribui paralelamente ao vínculo que mantém na universidade douradense.
 
A tese cujo título é 'Princípios de design para o ensino de Biologia Celular: pensamento crítico e ação sociopolítica inspirados no caso de Henrietta Lacks', de autoria de Ayane de Souza Paiva, sob a orientação da docente Rosiléia Oliveira de Almeida, foi desenvolvida no Programa de Pós-graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências, da instituição baiana.
 
Nei é biólogo, com mestrado em Ensino, Filosofia e História das ciências e doutorado em Ecologia, e está lotado na UFGD desde 2018, onde ministra aulas para estudantes de Licenciatura em Ciências Biológicas. Atua, também, como pesquisador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Estudos Interdisciplinares e Transdisciplinares em Ecologia e Evolução (INCT IN-TREE), órgão que reúne mais de 200 cientistas, de 13 instituições brasileiras e 35 estrangeiras.
 
“Estou contente com a orientação realizada, tanto para o crescimento pessoal e profissional da doutoranda – que hoje é professora da UFMT – quanto para a inovação nas áreas de ensino de ciências e educação”, afirma o professor, enfatizando que a concessão da menção honrosa pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é um estímulo para que se continue a realizar investigações rigorosas, inovadoras e que contribuam para transformações positivas na sociedade, visando mais sustentabilidade e justiça", disse ele.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados