• Início
  • Notícias
  • Anitta aprova namoro aberto e revela ter vivido trisal com alemães

Anitta aprova namoro aberto e revela ter vivido trisal com alemães

Por Rahabe Barros
Anitta desabafou sobre sua vida amorosa durante live de game com o youtuber Bruno Carneiro, conhecido na internet como Fred, do canal "Desimpedidos". Oficialmente solteira desde término com Gui Araújo, a cantora disse ser a favor de relacionamentos abertos, mas que sente dificuldade em encontrar um parceiro que siga o mesmo ritmo que ela. "Queria isso, mas pessoas têm apego e eu não, tá bom. Gosto do boy ou girl sendo feliz com quem quiserem", disse, nesta segunda-feira (05).
'Por mim, boto meu boy pra beijar outra pessoa na minha frente'
Para Anitta, esse tipo de liberdade é "enriquecedora". "Por mim, boto meu boy pra beijar outra pessoa na minha frente! Acho tudo, lindo, enriquecedor. Acho lindo ver o outro feliz e compartilhar essas coisas. Mas a pessoa finge que tá tudo bem, mas não tá. Eu falo: 'olha, eu quero desse jeito. A gente beija e continua amigo'. Aí a pessoa aceita, diz que é livre e daqui a pouco a pessoa tá se rasgando de ciúmes e eu fui trouxa de achar", disparou na conversa com Fred.
Anitta viveu trisal com alemão após match no Tinder
A intérprete de "Desce pro Play" recordou ainda um trisal que formou com dois gringos, depois de dar match um deles em aplicativo de namoro. "Eu tive relacionamento com dois alemães. Conheci um no Tinder e o amigo dele era muito gato! Aí falei: 'seu amigo também é incrível. Vamos namorar nós três?'. Fomos nós três pro restaurante, namorando juntos. Povo não entendia nada [risos]. Eu abraçava um, dava mão pra um, dava mão pra outro...Eles toparam, foi tudo! Eles iam vir pro Brasil, mas veio a pandemia... A gente tem um grupo, que chama 'The Babies' (os bebês)", contou.
Fred vive namoro aberto com Bianca Andrade
Fred é namorado de Bianca Andrade, a "Boca Rosa". Os dois também vivem um tipo de compromisso aberto e ele explicou como funciona o romance dos dois para Anitta. "A gente não usa relacionamento aberto, mas cada um tem sua vida. Cada um tem trampo, amigos, sua vida, e a gente não abre mão disso. A gente tá numa transição de gerações. A gente vê o que funciona pra gente e fez o relacionamento do zero. A gente deu sorte/competência de se encontrar num momento em que a gente pensava igual", comentou.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados