Justiça recebe denúncia de estupro contra Felipe Prior

Tribunal de Justiça de São Paulo recebeu uma acusação de estupro, envolvendo o ex-BBB Felipe Antoniazzi Prior. Com isso, ficou determinado que, em 10 de maio de 2021, ocorra uma audiência de instrução e julgamento do caso. O arquiteto, na verdade, é alvo de duas denúncias por prática de estupro e uma por tentativa.
“Verifico que as provas que instruem a denúncia demonstram a materialidade do crime e suficientes indícios a atribuir a autoria. Não é o caso de rejeição, de liminar, portanto, recebe a denúncia”, diz a decisão do juiz Luiz Guilherme Angeli Feichtenberger, de acordo com a colunista Mônica Bêrgamo.
Ainda de acordo com as informações, os crimes teriam ocorrido a cada dois anos: 2014, 2016 e 2018. A coluna revela que, nos dois últimos, a ação criminosa teria acontecido em jogos universitário de faculdades de arquitetura e urbanismo de São Paulo. Não teria havido o registro de boletins de ocorrência, na época, por medo.
Prior nega que seja um criminoso e reagiu nas redes sociais sobre o caso. “O que me deixa mais chateado é saber que depois que eu entrei na casa, as pessoas apresentaram uma denúncia pesada contra mim. Os meus advogados estão tomando todas as providências”, afirmou, se referindo ao reality show Big Brother Brasil, da Globo.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados