• Início
  • Notícias
  • Guardas municipais pedem providências sobre remanescentes de concurso durante sessão da Câmara

o presidente do Sindicato dos Guardas Municipais de Dourados, Orlean Catellan Teixeira, usou a tribuna da Casa de Leis

Guardas municipais pedem providências sobre remanescentes de concurso durante sessão da Câmara

Imagem: Reprodução/Youtube
Durante sessão ordinária da Câmara de Dourados, o presidente do Sindicato dos Guardas Municipais de Dourados, Orlean Catellan Teixeira, e o representante dos aprovados no concurso público, Ulisses Silvestre Diniz, usaram a tribuna livre para cobrar providências em relação às demandas dos remanescentes do concurso, que reivindicam o chamamento para a última etapa.De acordo com Catellan, Dourados deveria convocar os remanescentes do concurso, pois a Lei Federal 3022 prevê o efetivo mínimo de 200 guardas no município. “Dourados é uma cidade grande e, até por uma questão de legalidade, para atender a lei federal, que prevê o mínimo do efetivo de 200 guardas municipais, que seria o ponto mínimo que a lei estabelece. Poderia até ter mais. Em Dourados existe demanda que poderia colher mais servidores para a Guarda Municipal”, comentou.O presidente do Sindicato ainda ressaltou que o efetivo da Guarda Municipal precisa crescer para conseguir atender todo o município. “Existem vários serviços ainda que os braços da guarda não conseguem alcançar, como, por exemplo, os distritos”, apontou.“A Guarda está defasada, abaixo do mínimo exigido na Lei Federal. Quando criaram a lei em 2014, deram dois anos para se adequar a este quantitativo mínimo e máximo, o que, infelizmente, apesar do concurso realizado em 2016, não ocorreu. Mesmo com a convocação de parte dos aprovados, continua abaixo do mínimo exigido na lei”, completou Ulisses.O presidente da Casa de Leis, vereador Alan Guedes (Progressistas), afirmou que a Câmara de Dourados defende a convocação dos remanescentes do concurso, pois sabe da necessidade e importância da Guarda Municipal em Dourados, destacando para o momento da pandemia. “A Guarda é uma referência, uma instituição séria e muito bem preparada”, apontou.
Dia do AdministradorAinda durante a sessão ordinária, o vice-presidente do CRAS-MS (Conselho Regional de Administração de Mato Grosso do Sul), Valdir da Costa Pereira, ocupou a tribuna livre para celebrar os 55 anos da profissão de Administrador, comemorado anualmente no dia 9 de setembro.
Ordem do DiaA Câmara de Dourados aprovou em 2ª discussão e votação, o Projeto de Lei nº 98/2020 (19), de autoria do Poder Executivo, que autoriza o Executivo Municipal a ceder à União, por intermédio do Ministério da Justiça e Segurança Pública e Superintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso do Sul, imóvel destinado à construção da sede da Delegacia da Polícia Rodoviária Federal em Dourados. A cessão de uso será por 10 anos, sendo o imóvel localizado na Rua Ildefonso Pedroso, na região do Parque dos Jequitibás, com mais de 10 mil m².

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados