Nenê (77) marcou no primeiro tempo e no segundo, cobrando pênalti

Com dois de Nenê, Fluminense vence Corinthians no Maraca

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC
Tricolor chegou abrir 2 a 0 com gols do meia e Matheus Vital diminuiu nos acréscimos
 
No duelo pela reabilitação no Campeonato Brasileiro, deu Tricolor. Pela décima rodada, neste domingo (13), no Rio de Janeiro, o Fluminense venceu o Corinthians por 2 a 1, deixando a derrota no clássico com o Flamengo para trás. Nenê mais uma vez foi o destaque do Flu, marcando os dois gols, com Matheus Vital descontando já nos acréscimos (veja abaixo). 
 
Com o resultado, o Fluminense agora aparece na oitava posição da tabela, com 14 pontos, enquanto o Timão, com nove, ocupa o 14º lugar. 
 
O jogo
 
No Maracanã, o Fluminense controlou as ações diante do Corinthians, que foi dominado desde o início e viu a equipe comandada por Odair Hellmann abrir o placar aos sete minutos. Calegari tabelou com Michel Araújo na linha de fundo e cruzou na área. Nenê tentou o voleio, mas foi cortado. No entanto, mesmo caído no chão, pegou a sobra e chutou no canto de Cássio para fazer 1 a 0. 
 
Depois, o Timão até equilibrou um pouco a partida, mas só levou perigo ao gol de Muriel em duas faltas perigosas cobradas por Otero. O Flu, com maior posse de bola, seguiu dominando o jogo e quase ampliou nos acréscimos, quando Danilo Barcelos cabeceou livre para o gol, mas viu Cássio espalmar para fora.
 
Mesmo com a vantagem no marcador, o Fluminense voltou para o segundo tempo buscando o ataque. Logo no início, Nenê cobrou falta perigosa, mas a bola desviou em Gabriel e saiu. Depois, o Corinthians passou a criar mais e teve boa chance de empatar aos 14, quando Everaldo recebeu passe na entrada da área, cortou para a direita e finalizou para defesa de Muriel. Logo na sequência, o atacante foi acionado por Michel Macedo e chegou a cabecear de peixinho para dentro da rede, mas estava em posição irregular. 
 
Depois, o jogo ficou mais equilibrado, sem muitas investidas dos dois lados. E, já nos minutos finais, Luiz Henrique finalizou com perigo, e a bola explodiu em Bruno Méndez, com toque de mão. A arbitragem assinalou o pênalti, cobrado com eficiência por Nenê, ampliando para 2 a 0. Nos acréscimos, o Corinthians ainda descontou com Mateus Vital, de cabeça, e fechou o jogo em 2 a 1.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados