• Início
  • Notícias
  • Sesi já elaborou protocolos de biossegurança gratuitos para mais de duas mil empresas

Sesi já elaborou protocolos de biossegurança gratuitos para mais de duas mil empresas

Imagem: Divulgação
Em pouco mais de três meses, o Sesi alcançou a marca de duas mil empresas atendidas gratuitamente pela consultoria em biossegurança. Na prática, isso significa que pequenos negócios industriais, do comércio e serviços estão atuando de maneira segura durante a pandemia do novo coronavírus, possibilitando que clientes continuem fazendo suas compras, enquanto trabalhadores se mantém empregados e protegidos da Covid-19. 
 
Até o momento, 2.168 empresas receberam de forma gratuita a consultoria do Sesi em 55 municípios, 683 delas em Campo Grande, 544 em Bonito, 328 em São Gabriel do Oeste e as demais distribuídas por outras localidades do Estado. A maior parte destas empresas (864) é do segmento de serviços, como salões de beleza, escritórios de contabilidade, academias, entre outros, 728 do comércio, 530 indústrias, seis delas do agronegócio, e 40 delas de outros segmentos.  
 
A consultoria é desenvolvida em parceria com o Sebrae/MS, que subsidia o valor do trabalho em 100% para micro e pequenas empresas do Estado, por meio do programa Sebratec. O Sebrae também promove a mobilização dos para terem acesso à consultoria através da iniciativa “Eu fui Orientado”, com visitas de agentes que vão de porta em porta apresentar o serviço do Sesi e outras orientações em biossegurança.  
 
“O Sesi está atuando para, acima de tudo, preservar a saúde das pessoas, a sustentabilidade das empresas e manutenção do emprego e renda. Estamos auxiliando tecnicamente empresas de diversos segmentos a manter as portas abertas, cumprindo todas as medidas de biossegurança e garantindo uma atuação segura para seus colaboradores e clientes”, reforçou o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho (SST) do Sesi no Estado, Michel Klaime Filho.  
 
O trabalho consiste em uma visita técnica do Sesi à empresa, em que são analisadas as dependências, equipamentos, tipo de serviço oferecido, funções dos colaboradores, e então, é entregue um diagnóstico com orientações quanto a mudanças necessárias para uma atuação segura e como implementá-las.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados