Conheça a técnica queridinha das famosas

Ex-BBB Thelma, Deborah Secco, Isabella Drumond, Simone e Simaria já realizaram o procedimento
  Quem nunca ouviu a expressão “sorrir com os olhos”? A verdade é que ela se tornou mais verdadeira do que nunca nos últimos tempos. Com o uso constante da máscara, a sobrancelha se torna a grande responsável por definir o olhar e pode fazer toda a diferença na simetria do rosto. Por isso a chamada micropigmentação tem chamado a atenção de homens e mulheres.
  Responsável por desenvolver a nova técnica queridinha das celebridades, a empresária Natália Martins investe nos procedimentos realistas, chegando no formato ideal de sobrancelhas para cada pessoa por meio de uma análise da estrutura óssea facial. O procedimento exclusivo criado por ela, chamado FlowBrows, é feito manualmente fio a fio e promete um resultado extremamente natural, respeitando a cor e a textura das sobrancelhas. A realidade é que cada vez mais pessoas buscam fugir das sobrancelhas quadradas e muito marcadas, por isso a ideia é deixar o procedimento o mais imperceptível possível.
  “Fiz meu primeiro curso de sobrancelhas sem nunca ter pego em uma pinça e hoje acho que este é o maior diferencial da técnica. Com um olhar amplo, analisando todo o formato e estrutura do rosto, fugimos do tradicional e oferecemos o natural. Isso contribuiu para que eu entendesse que não existe um padrão de beleza e que precisava criar algo que valorizasse a beleza natural de cada pessoa”, comenta Martins.
  O procedimento que ganhou espaço nos Estados Unidos e tem data marcada para inaugurar no Oriente Médio, já foi realizado em famosas como Deborah Secco, Isabelle Drummond, Simone, Simaria, Thelma Assis, campeã do BBB20, Duda Reis, Ellen Milgrau e Simone Sampaio. “O método semipermanente dura em média de 6 meses a um ano e consiste na implantação de um pigmento orgânico na primeira camada da pele com uma lâmina extrafina, criando um desenho que proporciona leveza e movimento às sobrancelhas”, explica a especialista.
  Vale ressaltar que o FlowBrows não é uma ‘maquiagem definitiva’. Mesmo utilizando agulha, pigmento e marcação cutânea, o procedimento não é permanente e deve ser retocado de acordo com o desgaste da pele. “Este é um processo extremamente artístico. Buscamos moldar o rosto e tornar o olhar uma verdadeira obra de arte, pois é trabalhado em um estado Flow, onde mente e corpo ficam em perfeita harmonia”, finaliza a empresária.
        
Informações à ImprensaMáxima Assessoria de ImprensaTel: (11) 2203-5802Nina Branco – nina@maximasp.com.br – Cel: (11) 97405-0745Karina Martins – karina@maximasp.com.br – Cel: (11) 97673-7118Silvia Pacolla – spacolla@uol.com.br – Cel: (11) 99686-4157

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados