Com vacilo em casa, Cruzeiro não consegue ficar longe da zona de rebaixamento

Cruzeiro e CRB fecham rodada da Série B com empate em BH

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Fernando Moreno/AGIF/CBF
Time mineiro, que começou competição com seis pontos negativos, é o primeiro fora do rebaixamento
 
Terminou a oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira (7), em Belo Horizonte, Cruzeiro e CRB-AL fizeram a última partida e ficaram no empate em 1 a 1, gols de Marcelo Moreno para Raposa no primeiro tempo e Léo Gamalho para o Galo, no segundo. 
 
O resultado deixa o Cruzeiro fora da zona de rebaixamento, ocupando o 16º lugar, com cinco pontos – mesma pontuação do Figueirense, primeiro dentro do Z4. E o CRB segue próximo ao G4, com 13, na sétima posição. Na zona de acesso estão Paraná Clube-PR com 17 pontos, Chapecoense-SC com 16, Ponte Preta-SP e Cuiabá-MT, ambos com 14 pontos.
 
O jogo
 
No Estádio do Mineirão, o Cruzeiro começou melhor a partida diante do CRB. Com mais posse de bola, a Raposa se lançou ao ataque e quase abriu o marcador aos dez minutos, quando Maurício pegou sobra e finalizou por baixo, vendo Victor Souza fazer boa defesa. Com muita movimentação e apertando a saída de bola dos visitantes, o time mineiro seguiu pressionando até que, aos 36, balançou as redes. Felipe Machado cobrou escanteio na primeira trave, Gamalho não fez o corte, e Marcelo Moreno acertou cabeçada certeira para fazer 1 a 0. Diego Torres e Magno Cruz, voltando muito para marcar, não conseguiram fazer o ataque do Galo ser rápido, o que dificultou as ações ofensivas do time alagoano.
 
Na volta do intervalo, o CRB teve boa chance de empatar logo aos três minutos, quando Magno Alves cobrou escanteio na segunda trave, e Luidy mandou com perigo para a pequena área, mas viu a defesa adversária afastar. Com a vantagem no placar, o Cruzeiro passou a estudar mais as jogadas e deixou de levar perigo ao gol de Victor Souza. Já o Galo, buscando espaço, criou ótima oportunidade aos 26. Bill pedalou para cima de Cáceres e tocou por cima, vendo a bola triscar no travessão antes de sair. A equipe visitante se manteve firme no ataque e, aos 39, conseguiu o empate. Léo Gamalho não deixou passar falha na saída de bola do Cruzeiro e, na cara do gol, finalizou para o fundo das redes, fechando o jogo em 1 a 1.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados