• Início
  • Notícias
  • Covid-19 pode tirar Diego Alves do retorno do Flamengo à Libertadores

Diego Alves, que estava afastado por contusão, agora está isolado por causa da covid-19

Covid-19 pode tirar Diego Alves do retorno do Flamengo à Libertadores

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Alexandre Vidal/CR Flamengo
Goleiro, afastado por contusão, foi testado positivo para o coronavírus e entrou em isolamento
 
O Flamengo ganhou um desfalque importante para os próximos jogos do Campeonato Brasileiro e, talvez, até para o retorno da Libertadores. O goleiro Diego Alves testou positivo para covid-19 e foi afastado dos treinos, entrando em isolamento, não enfrenta, portanto, o Fortaleza-CE, neste sábado (5), pela oitava rodada do Brasileirão.
 
Mais do que a ausência nos próximos jogos da competição nacional, a preocupação maior está na possibilidade de Diego Alves enfrentar o Independiente Del Valle-EQU, no dia 17, quando a Libertadores retorna para a terceira rodada da primeira fase. O goleiro será novamente testado em dez dias e, se ainda continuar com o vírus ativo, não poderá ser escalado.
 
Reservas
 
Diego Alves é o segundo goleiro do Flamengo contaminado pela covid-19. Nos exames que antecederam a vitória por 5 a 3 sobre o Bahia, na última quarta-feira (2), César também testou positivo. Ele seria o substituto de Diego na partida, já que o titular sofreu uma lesão no ombro esquerdo no jogo contra o Santos, no domingo passado, e ainda reclamava de dores. Como César teve de ser afastado, Gabriel Batista foi escolhido pelo técnico Domenèc Torrent para começar o duelo em Salvador.
 
Com os dois principais arqueiros em quarentena, o catalão deve apostar novamente em Gabriel, de 22 anos, para o jogo deste sábado (5). Outra opção é Hugo Souza, 21 anos, que ficou no banco contra o Bahia e, em 2018, chegou a ser convocado pelo técnico Tite para os amistosos da seleção brasileira contra Estados Unidos e El Salvador.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados