Após pole, Lewis Hamilton homenageia ator Chadwick Boseman, que morreu na sexta-feira

Hamilton crava pole na Bélgica e homenageia Pantera Negra

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Twitter Oficial/Mercedes-AMG F1
Mercedes volta a ocupar primeira fila no grid de largada, com Verstappen fazendo terceiro tempo
 
Nos treinos livres, Lewis Hamilton não esteve na frente, mas quando era para valer, mostrou porque é o melhor piloto da atualidade. Na classificação oficial deste sábado (29) o inglês hexacampeão não deu chances para os adversários e conquistou a pole position para o Grande Prêmio da Bélgica, cravando 1m41s252 em sua volta mais rápida no circuito de Spa-Francorchamps, durante o Q3. Na comemoração, homenagem ao ator Chadwick Boseman, morto aos 42 anos nesta sexta. 
 
Ainda no carro, Hamilton dedicou a 93ª pole ao ator e, ao sair, fez o símbolo do "Pantera Negra", principal personagem interpretado pelo americano no cinema e que também marca a luta antirracista encampada pelo piloto. “Acordei com a triste notícia da morte de Chadwick. Essa notícia realmente, realmente me quebrou. Ele era uma luz brilhante. Wakanda para sempre. Quero apenas ir lá amanhã [domingo] e pilotar pela perfeição”, disse o piloto da Mercedes.
 
Outras posições
 
Para variar, a Marcedes ocupa a primeira fila mais uma vez, com Valtteri Bottas fazendo o segundo tempo, meio segundo atrás. Max Verstappen voltou a ser o piloto mais próximo das Mercedes e ficou em terceiro no grid, à frente de Daniel Ricciardo, que obteve a melhor posição da Renault num grid em 2020. Completaram os dez primeiros, da quinta à décima posições, Alexander Albon (RBR), Esteban Ocon (Renault), Carlos Sainz Jr. (McLaren), Sergio Pérez (Racing Point), Lance Stroll (Racing Point) e Lando Norris (McLaren).
 
A largada do GP da Bélgica acontece neste domingo (30), às 9h10 (MS), com transmissão pela Rede Globo.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados