• Início
  • Notícias
  • Vamos oferecer ao eleitor alternativa de gestão, sem conchavos, diz Ayache

Ricardo Ayache, Davi Infante e Maurício Lemes na manhã de terça-feira no Diário MS

Vamos oferecer ao eleitor alternativa de gestão, sem conchavos, diz Ayache

Imagem: Diário MS
 
O médico Ricardo Ayache, presidente estadual do PSB, passou a terça-feira (25) em Dourados cumprindo agenda política partidária e empresarial. Ele conversou com agentes de alguns partidos sobre a eleição municipal de novembro próximo, teve reunião com equipe que cuida da obra do novo hospital da Cassems na cidade e, ainda no período da manhã, visitou o Diário MS.
 
“Estamos em Dourados hoje dialogando com outros partidos, visando a construção de um bloco para oferecer uma alternativa de gestão ao eleitor, sem conchavos eleitorais”, disse ele, durante a visita ao jornal, onde esteve acompanhado pelo único vereador de seu partido na cidade, Maurício Lemes, e pelo médico Davi Infante, pré-candidato a prefeito do PSB.
 
“O PSB é um partido de diálogo e estamos aqui conversando com outros partidos”, reforçou. Acrescentou que, ao mesmo tempo, a agenda está “impulsionando” a pré-candidatura de Davi Infante que, segundo disse, “representa o novo, conforme pesquisa que mostra o desejo da população, e que tem possibilidades de vencer”.
 
Para o presidente estadual do PSB, a eleição municipal de 2020 será um “grande desafio” a ser superado, com o distanciamento das pessoas e que impede o aperto de mão e os abraços.
 
Ayache avalia que os meios de comunicação e as redes sociais serão vitais para que os candidatos possam levar suas mensagens ao eleitorado. Ao mesmo tempo, avalia que o eleitor está atento aos bons projetos e que, especificamente em Dourados, “deseja algo novo, bem diferente do que oferecem as pessoas que já têm mandatos”.
 
Ele diz ainda que o eleitor mostra que existe um “cansaço com as forças já estabelecidas na cidade”. Daí, seu empenho na formação de um “bloco” que atenda a tais anseios.
 
HOSPITAL
 
O lançamento da pedra fundamental das obras do novo hospital da Cassems em Dourados iria ocorrer em solenidade marcada para o dia 7 de março passado. Na sexta-feira, dia 6, Ricardo Ayache já estava na cidade quando o Ministério da Saúde anunciou as medidas restritivas de combate ao novo coronavírus.
 
Profissional da saúde, ele cancelou o evento ao público e retornou para Campo Grande. De lá para cá, as obras foram acontecendo, com a parte de fundação já concluída, ao mesmo tempo em que está sendo montada a estrutura metálica.
 
O projeto é uma construção sustentável que resultará na abertura de mais 97 leitos hopitalares em Dourados. A previsão é que o novo hospital da Cassems esteja pronto até o final de 2.022.
 
 
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados