• Início
  • Notícias
  • Chapecoense vence Guarani e entra no G4 da Série B do Brasileiro

Chapecoense entra no G4 e, com um jogo a menos, tem melhor aproveitamento junto com Cuiabá

Chapecoense vence Guarani e entra no G4 da Série B do Brasileiro

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Twitter Oficial/ACF
Time de Campinas poderia ter evitado derrota por 2 a 0, mas desperdiçou dois pênaltis
 
O G4 da Série B do Campeonato Brasileiro ganhou um novo integrante. Nesta segunda-feira (24), pela quinta rodada, a Chapecoense-SC venceu o Guarani-SP por 2 a 0 e pulou para o grupo de acesso. Os donos da casa contaram com os atacantes Aylon e Anselmo Ramon para marcarem os gols. O time de Campinas ainda teve duas oportunidades para balançar as redes em cobranças de pênaltis. No primeiro, o goleiro João Ricardo brilhou, defendendo a batida de Júnior Todinho. No segundo, Giovanny acertou a trave.
 
Com o resultado, a Chape chegou aos dez pontos conquistados e subiu para a terceira posição na tabela da Segundona e, com jogo a menos, tem o melhor aproveitamento da competição junto com o Cuiabá-MT. O Guarani, por sua vez, permaneceu com três pontos e aparece na 16ª colocação, próximo à zona de rebaixamento.
 
O jogo
 
A partida na Arena Condá foi morna no primeiro tempo até os últimos minutos, quando a Chape abriu vantagem. Aos 39 minutos, Alan Ruschel cobrou escanteio para a área, Luiz Otávio dividiu, e a bola sobrou limpa para Aylon. O atacante emendou de primeira e fez 1 a 0. Dois minutos depois, Aylon encontrou Anselmo Ramon na entrada da área. O camisa 9 teve tempo de dominar, ajeitar a bola e bater com força no cantinho, longe do goleiro Rafael Pin, ampliando.
 
As aspirações do Guarani em buscar o empate foram diminuídas aos seis minutos do segundo tempo, quando Igor Henrique levou o segundo cartão amarelo e foi para o chuveiro mais cedo. Com um jogador a mais, a Chape manteve o domínio da posse de bola. Apesar disso, o Bugre teve oportunidade de diminuir aos 22, quando Waguinho sofreu pênalti. Júnior Todinho foi para a bola, mas o goleiro João Ricardo caiu para o canto certo e fez ótima defesa, mantendo a diferença no marcador.
 
Aos 39, mais uma oportunidade na marca da cal para o Guarani balançar as redes. Deivid foi puxado por Anselmo Ramon, e a arbitragem assinalou a penalidade. Dessa vez, Giovanny foi para a cobrança, mas mandou na trave esquerda de João Ricardo.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados