Raphael Veiga, já nos acréscimos, marcou o único gol do jogo morno em Curitiba

Corinthians e Palmeiras vencem a primeira no Brasileirão

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Agência Palmeiras
Timão fez 3 a 1 no Coritiba em casa e o Verdão bateu o Athletico fora
 
Foram precisos três partidas para que os finalistas do Campeonato Paulista vencessem a primeira no Brasileirão. Nesta quarta-feira (19), pela quarta-rodada – ambos não jogaram na primeira – o Palmeiras foi à Curitiba e venceu o Athletico-PR por 1 a 0, gol de Raphael Veiga já nos acréscimos. Em Itaquera, o Corinthians recebeu o Coritiba-PR e fez 3 a 1, com gols de Léo Natel, Gustavo e Jô, que chegou a perder um pênalti. Sassá descontou para o Coxa (Veja os gols abaixo).
 
As vistorias melhoraram consideravelmente as posições na classificação. Com cinco pontos – dois empates e uma vitória – o Palmeiras subiu para a oitava posição, junto com Botafogo e Bragantino. O Corinthians, agora com quatro pontos – uma derrota, um empate e uma vitória – vem logo atrás, em décimo.
 
Curitiba
 
Na Arena da Baixada um primeiro tempo sem criatividade, lances de perigo e, claro, gol. No segundo tempo, os times voltaram um pouco melhor. O Palmeiras conseguiu chegar perto do gol em duas oportunidades até os 15 minutos. Primeiro, Rony recebeu lançamento, dominou, mas isolou o chute. Depois, Lucas Lima cruzou na área, mas Luiz Adriano cabeceou por cima do gol de Santos. 
 
O Athletico também criou boas jogadas, mas Geuvânio e Marquinhos Gabriel não tiveram sucesso nas conclusões. A chance mais clara para o Furacão foi aos 34 minutos, quando Weverton tentou mandar a bola para longe, mas Pedrinho interceptou e finalizou com força, explodindo a trave. Os dois times seguiram tentando o gol nos minutos finais, até que, já nos acréscimos, Marcos Rocha cobrou lateral na grande área, Gómez ajeitou para trás e Zé Rafael chegou finalizando. A bola explodiu em Thiago Heleno, mas Raphael Veiga pegou a sobra e deu a vitória para o Palmeiras por 1 a 0.
 
São Paulo
 
Na Arena Corinthians, o Timão viu um Coritiba bem articulado no início, mas só até os 15 minutos quando Yan Sasse foi expulso por acertar uma cotovelada em Araos. Na marca dos 25, a equipe paulista teve a bola na marca da cal após pênalti sofrido por Léo Natel. Na cobrança, Jô parou em Wilson. O VAR checou o lance, pegou uma infração do goleiro e mandou voltar a penalidade. E, na segunda tentativa, Jô novamente viu Wilson salvar o Coxa. 
 
Ainda no ataque, o Corinthians assustou com Ramiro, aos 33. De tanto insistir, o time da casa, enfim, abriu o placar. Aos 37, Léo Natel arriscou de fora da área, a bola desviou no meio do caminho e foi morrer no fundo das redes. Mas a resposta do Coritiba veio cinco minutos depois. Willian Matheus fez o cruzamento e Sassá apareceu livre para deixar tudo igual: 1 a 1. 
 
Depois da conversa nos vestiários, o Alvinegro voltou para o jogo disposto a retomar a vantagem. E conseguiu. logo aos três minutos, Jô teve sua redenção. Após cruzamento de Araos, o atacante fez o desvio certeiro e dessa vez sem dar chances para Wilson. O Timão seguiu pressionando. Sidcley, Fagner e de novo Jô criaram boas chances. Mas foi Gustavo Mosquito quem fez o terceiro. Lucas Piton cruzou e o camisa 19 se antecipou à marcação para sacramentar a vitória do Corinthians por 3 a 1. 
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados