Atacante peruano marcou dez gols em 15 jogos em 2020

Lesão no joelho tira Guerrero do Campeonato Brasileiro

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Ricardo Duarte/SC Internacional
Atacante se contundiu contra o Fluminense e cirurgia deve afasta-lo do futebol por seis meses
 
O atacante Paolo Guerrero, um dos principais jogadores do Internacional na temporada, não deve mais jogar em 2020 e, talvez, nem no Campeonato Brasileiro que termina em fevereiro do próximo ano. O atleta lesionou o ligamento cruzado do joelho direito neste domingo (16), na derrota colorada para o Fluminense por 2 a 1, em uma disputa de bola com o zagueiro Luccas Claro. O clube ainda não divulgou a data da cirurgia, mas a recuperação, nestes casos, costuma durar, em média, seis meses.
 
Pela conta oficial do Inter no Twitter, o clube comentou sobre a contusão, mas se limitando a dar apoio ao jogador. “Nossa camisa 9 vai precisar da nossa torcida em dobro nesse momento difícil. O homem é brabo e vai sair dessa ainda mais forte! Força, Guerrero! A torcida colorada está contigo!”, diz a postagem.
 
Artilheiro
 
A contusão interrompe o bom momento de Guerrero na temporada. Ele não só é o artilheiro colorado em 2020, com dez gols em 15 jogos, como é o goleador do Campeonato Brasileiro após três rodadas, com três bolas na rede, além de uma assistência. Ou seja, o atacante esteve presente nas quatro vezes em que o Inter marcou gols no Brasileirão.
 
Sem Guerrero, o técnico Eduardo Coudet tem William Pottker e Yuri Alberto como opções para comandar o ataque colorado na quarta-feira (19), às 19h30 (MS), contra o Atlético-GO, no Estádio Beira-Rio, pela quarta rodada. Pottker, que substituiu o peruano contra o Fluminense, aos 21 minutos da etapa final, tem 26 gols marcados em 101 partidas pelo Inter, enquanto Yuri, que chegou recentemente do Santos, estreou justamente diante do Tricolor carioca, entrando no lugar do meia Patrick após o intervalo.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados