• Início
  • Notícias
  • Com douradense no gol, Santos bate Athletico na Vila Belmiro

João Paulo defendeu conclusão de Léo Cittadini, evitando segundo gol do Athletico

Com douradense no gol, Santos bate Athletico na Vila Belmiro

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Divulgação/Santos FC
João Paulo entrou no lugar de Vladimir, contundido, e fez seu primeiro jogo oficial da temporada
 
A terceira rodada do Campeonato Brasileiro foi de primeira vitória do Santos. Neste domingo (16), o Peixe recebeu o Athletico-PR na Vila Belmiro e não deu bola para a campanha até então perfeita dos paranaenses. Com atuações destacadas de Marinho e Soteldo, venceu por 3 a 1 e deu um salto na classificação, saindo da 15ª para oitava posição. Ainda no primeiro tempo, Vladimir se machucou e o douradense João Paulo ocupou o gol santista, seu primeiro jogo oficial na temporada (Veja melhores momentos abaixo).
 
O Jogo
 
Atuando em seus domínios, o Santos buscou comandar as ações ofensivas e inaugurou o placar aos 27 minutos do primeiro tempo. Após roubada de bola, Marinho encontrou Soteldo com ótimo passe, e o Venezuelano só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes. Poucos depois, em uma bola na área, o goleiro Vladimir e o zagueiro Lucas Veríssimo se chocaram no lance e ambos precisaram deixar o campo. João Paulo, agora reserva imediato, foi chamado pelo técnico Cuca e entrou na partida usando a já característica camisa 34.
 
Mesmo em vantagem, o Peixe não diminuiu o ritmo e ampliou a diferença aos 39. Nova boa jogada de Marinho, que cruzou e viu a bola acabar com Felipe Jonatan. O lateral bateu colocado, no ângulo, sem chances para o goleiro do Athletico, ampliando para 2 a 0. No último lance, o Furacão quase diminuiu em jogada de Nikão, que deslocou João Paulo na conclusão, mas acertou a trave.
 
Na etapa final o Santos continuou melhor e ampliou na velocidade de Marinho. Aos 36 minutos, o camisa 11 aproveitou falha da defesa rubro-negra, arrancou e, de cara para o goleiro Santos, não perdoou, fazendo o terceiro do time da casa.
 
O Furacão chegou ainda a diminuir aos 41. Geuvânio fez boa jogada pela direita, invadiu a área e bateu cruzado. Abner Vinícius apareceu livre na segunda trave e bateu sem chances para João Paulo, diminuindo a diferença e poderia ter marcado outro aos 44 se não fosse o goleiro santista. Léo Cittadini foi lançado na área e entrou de frente com João Paulo, mas finaliza em cima do goleiro, que cresceu demais diante do meio-campista.
 
 
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados