Guarani, com primeira vitória, deixa zona de rebaixamento da Série B

Guarani bate Botafogo na primeira vitória na Série B

Por Rogério Vidmantas
Imagem: David Oliveira/Guarani FC
Rodada teve ainda empates de Brasil e Oeste e ainda Náutico e CRB
 
A terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro seguiu neste sábado (15) com mais três jogos. No clássico do Interior paulista, o Guarani-SP, mesmo fora de casa, venceu o Botafogo-SP por 1 a 0, na primeira vitória do Bugre na Segundona. Outros jogos terminaram iguais e pelo mesmo placar de 1 a 1. Brasil-RS e Oeste-SP empataram em Pelotas e Náutico-PE e CRB-AL no Recife.
 
Ribeirão Preto
 
No Estádio Santa Cruz, o Guarani visitou o Botafogo e garantiu sua primeira vitória na Série B ao bater os donos da casa por 1 a 0. Apesar do placar mínimo, o Bugre pode ser orgulhar do belo gol marcado por Júnior Todinho. Aos 37 minutos do primeiro tempo, Didi deu ótimo passe para o atacante, que estava no lado direito da área e cortou para dentro para finalizar no canto do goleiro Darley, que não teve chances de defender. O Pantera chegou a ter duas chances na etapa inicial, com Calabres e Wellington Tanque, mas que não resultaram em gols.
 
Na volta do intervalo, o Bugre manteve o domínio da partida, chegando perto de ampliar em duas oportunidades com Waguinho. Mas, aos 23 minutos, Júnior Todinho acabou expulso, e o Botafogo tomou as rédeas. Em vantagem numérica, o time da casa levou perigo com Wellington Tanque, de cabeça, e com Romão, em boa arrancada pelo meio. Depois, aos 40 minutos, Luketa ainda acertou a trave. Apesar da blitz do Pantera, o Guarani segurou a pressão até o apito final e garantiu os três pontos na rodada.
 
Pelotas
 
Com gol nos acréscimos, Brasil e Oeste ficaram no 1 a 1 no Bento Freitas e seguem sem vitórias nesta Série B. Os gols aconteceram no segundo tempo. Aos 12 minutos, o Xavante saiu na frente após Matheus Mendes cruzar na área e a bola sobrar para Gabriel Poveda mandar para o fundo da rede. A vantagem gaúcha seguiu quase até o fim, até que, já na marca dos 47, Rodrigo Ferreira cometeu pênalti em Rael, e Kalil converteu para decretar o empate em 1 a 1.
 
Recife
 
No Estádio dos Aflitos, o Náutico dominou as ações no primeiro tempo diante do CRB e marcou aos 23 minutos. Após escanteio cobrado por Jean Carlos, Camatunga subiu e cabeceou para dentro da rede: 1 a 0. O empate dos alagoanos veio já aos 43 minutos da etapa final. Após bate-rebate na área, Luidy finalizou, Jefferson defendeu, mas o próprio atacante pegou o rebote e bateu cruzado. No meio da zaga, Léo Gamalho apareceu e guardou na rede, fechando o jogo em 1 a 1.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados