• Início
  • Notícias
  • Brasileirão começa neste sábado com todos contra o Flamengo

Flamengo foi incontestável em 2019 e levantou a taça do Brasileirão

Brasileirão começa neste sábado com todos contra o Flamengo

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Alexandre Vidal/CR Flamengo
Atual campeão, Mengão perdeu Jorge Jesus, mas manteve base do melhor time do Continente em 2019
 
Com mais de três meses de atraso, começa neste sábado (8) a Série A do Campeonato Brasileiro, ou Brasileirão para os íntimos. A primeira rodada era para ter acontecido no primeiro fim de semana de maio, mas a pandemia da covid-19 obrigou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) segurar a competição até que protocolos de segurança fossem aprovados pelas autoridades responsáveis em cada Estado. O formato de todos contra todos em turno e returno e pontos corridos foi mantido e a última rodada acontece apenas em fevereiro do próximo ano.
 
O pontapé inicial será dado na Arena Castelão. Neste sábado, o Fortaleza-CE recebe o Athletico-PR às 18h (MS). Em seguida, jogam Coritiba-PR e Internacional, às 18h30 (MS) no Couto Pereira, e Sport-PE e Ceará-CE, às 20h (MS), na Ilha do Retiro. No domingo, o atual campeão Flamengo entra em campo contra o Atlético-MG, no Maracanã, às 15h (MS).
 
Três dos jogos da primeira rodada foram adiados pela CBF por coincidirem com a data de definição de título dos campeonatos estaduais dos times envolvidos. Sendo assim, Atlético-GO, Bahia-BA, Botafogo, Corinthians, Palmeiras e Vasco da Gama só estrearão no meio de semana.
 
 
O Campeão
 
Depois de uma temporada histórica em 2019 (veja todos gols abaixo), o Flamengo subiu o sarrafo para a disputa do Brasileirão. O Rubro-negro praticamente não perdeu jogadores em relação ao time que conquistou com folgas o campeonato no ano passado. Do time titular, apenas o espanhol Pablo Marí deixou o time. O maior desfalque fica por conta da saída do técnico português Jorge Jesus, fundamental na conquista.
 
Sob o comando do espanhol Doménec Torrent, o Flamengo tentará defender seu título, mas terá uma missão para lá de complicada. O que não falta é equipe qualificada para disputar a taça, ainda mais quando se fala do Campeonato Brasileiro, que tem o equilíbrio como característica principal.
 
Logo de cara, o Rubro-negro será desafiado por uma das sensações da temporada. O Atlético-MG do técnico Jorge Sampaoli. O argentino conduziu o Santos ao vice-campeonato em 2019 e tem um elenco recheado de reforços para a disputa deste Brasileirão. Sem muitas dificuldades, o Galo se garantiu na final do Campeonato Mineiro e ainda está invicto sob o comando de Sampaoli.
 
Os dois despontam como candidatos ao título, mas não dá para tirar ninguém dessa disputa. Afinal, dos 20 times que disputam a Série A, 14 já conheceram a sensação de conquistar o Brasileirão. Nessa corrida, é muito difícil prever um vencedor. Além dos antigos campeões, há grandes potências em ascensão e gigantes regionais.
 
Artilheiros em campo
 
Goleador máximo dos dois últimos Campeonatos Brasileiros, Gabriel Barbosa terá a chance de estabelecer um feito histórico em 2020. Caso seja mais uma vez artilheiro da competição, ele se tornará o primeiro jogador da história a ocupar o posto por três edições consecutivas.
 
Em 2019, Gabigol foi às redes 25 vezes, a melhor marca desde que o Brasileirão passou a ser disputado por 20 times em pontos corridos. Mas a concorrência será apertada esse ano. Brasil afora, há vários candidatos à artilharia. Alguns deles, inclusive, já experimentaram o gosto de ser o maior goleador de uma única edição do Brasileiro. É o caso de Diego Souza (Grêmio), William Potker (Internacional), Jô (Corinthians), Diego Tardelli (Atlético-MG), Ederson (Fortaleza) e Fred (Fluminense).
 
O atacante do Tricolor Carioca, inclusive, é o único deles que foi artilheiro do campeonato em mais de uma oportunidade. Fred liderou o quesito três vezes, marca que pode ser igualada por Gabigol nesta edição.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados