• Início
  • Notícias
  • Caminhoneiro é preso com mais de 22 toneladas de maconha em carga de milho

A carga foi devolvida para a transportadora, que não tem ligação com o tráfico

Caminhoneiro é preso com mais de 22 toneladas de maconha em carga de milho

Por MS em Foco
Imagem: Divulgação
Em uma operação conjunta entre policiais federais e a Polícia Rodoviária Federal da Delegacia de Dourados, um motorista morador no Paraná foi preso na manhã desta terça-feira (21) na rodovia MS 386 na região do Tagi. Ele dirigia uma carreta que escondia 22 toneladas de maconha em meio a uma carga de milho.
Jonatas Luís Gomes, 44 anos, foi parado em uma barreira entre Ponta Porã e Amambai. Além das notas e romaneio da carga de milho a granel que estava carregando apresentou muito nervosismo. Mesmo com a nota informando o destino do milho como o Paraná, ele disse que estava indo para Santa Catarina.
Ao ser descoberto, Jonatas disse que foi contratado para levar a maconha ao sul do país e que receberia R$ 100 mil pelo transporte. Ele carregou o milho em Aral Moreira e depois foi para Ponta Porã onde entregou a carreta para desconhecidos que devolveram com a droga escondida em meio ao cereal.
A carreta com o milho e a maconha foram levados para uma cerealista em Ponta Porã, onde os grãos foram retirados e centenas de fardos de maconha foram localizados. A carga foi devolvida para a transportadora que não tem ligação com o tráfico. O motorista levado para a sede da Polícia Federal e atuado em flagrante.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados