• Início
  • Notícias
  • Após avaliações, Palmeiras inicia treinos com bola na Academia

Lateral Matias Viña em atividade na Academia de Futebol, CT do Verdão

Após avaliações, Palmeiras inicia treinos com bola na Academia

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Agência Palmeiras
Elenco segue divido em grupos que se apresentarão em horários diferentes a cada período
 
O elenco do Palmeiras iniciou na manhã desta quarta-feira (1) o período de treinos antes do reinício das competições. Nesta terça, os jogadores fizeram a última sessão de avaliações físicas, fisiológicas e bioquímicas, trabalho comandado por quatro preparadores físicos, que subdividiram os grupos em cinco turmas para evitar aglomerações. O técnico Vanderlei Luxemburgo, recuperado da cirurgia para retirada da vesícula, acompanhou a atividade no gramado. 
 
Neste último dia antes dos treinos, os goleiros realizaram atividades específicas da posição, enquanto os demais jogadores passaram por dez estações com testes de agilidade e velocidade. Agora em treinos com bola, os atletas realizarão atividades em dois períodos na Academia de Futebol – o elenco, porém, segue divido em grupos que se apresentarão em horários diferentes a cada período.
 
O preparador físico Antônio Mello avalia que os treinamentos virtuais criados pelo Palmeiras durante o período de isolamento social ajudaram na readaptação ao campo. “Nunca havíamos passado por isso profissionalmente, tivemos de nos reinventar. O trabalho que foi feito dentro de casa surtiu efeito agora. Avaliamos tempo, velocidade, distância, deslocamento. A resposta foi a melhor possível. Amanhã [quarta], quando começarmos a treinar, teremos um grupo preparado para receber as cargas de treino com bola e especificidades do futebol. Foi bom para entendermos e identificarmos as qualidades físicas de cada jogador. Aprendemos e ganhamos experiência”, explicou Mello.
 
Os jogadores também avaliaram esse período de readaptação aos treinos positivamente. “Foi uma semana muito produtiva de avaliações. Ainda não tivemos contato com a bola, mas amanhã [quarta] deve ser esse dia tão esperado por todos nós. Foi necessário esse início para que pudéssemos aprimorar a parte física. Foram dias proveitosos, mas não vemos a hora de encostar na bola. É o que mais amamos fazer na vida. Esperamos evoluir e conquistar coisas grandes neste ano”, afirmou o zagueiro Luan.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados