No dia 28 de junho, é comemorado no mundo inteiro o Dia do Orgulho LGBTQ

Dia do Orgulho LGBTQ marca conquistas e luta por direitos

Imagem: Divulgação
Eventos realizados online aproveitam a data para discutir pautas importantes para a comunidade
No dia 28 de junho é comemorado no mundo inteiro o Dia do Orgulho LGBTQ. A data foi criada em referência à Rebelião de Stonewall, que aconteceu nesse mesmo dia em 1969 nos Estados Unidos, e foi um marco para a comunidade na época. De lá para cá, várias mobilizações ocorrem em todo o mundo como forma de celebrar a data e também para conscientizar a população sobre o combate à LGBTfobia. Nos últimos anos, a comunidade conseguiu algumas conquistas, como o direito ao nome social para pessoas trans, a união civil, a criminalização da LGBTfobia e recentemente a liberação para doação de sangue, mas ainda enfrenta muitas dificuldades para ter seus direitos reconhecidos.
“Apesar dessas retomadas de direitos serem coisas boas, são muitos anos de luta por essas questões e infelizmente só conseguimos avanço no país pelo judiciário, com intervenção do STF”, comenta o psicólogo e homen trans João Vilela, presidente estadual de Diversidade do Partido Democrático Trabalhista (PDT) e pré-candidato a vereador. Para João, apesar dos avanços, somente as questões de legislação, sem a preparação social e na educação, não são suficientes. “Até porque, muito do preconceito sofrido pela população LGBTQ ainda é velado, e o Brasil é o país que mais mata pessoas trans no mundo. A conscientização e o debate de relações de gênero e sexualidade nas escolas é mais que necessário”, completa.
Para marcar a data, João Vilela irá participar de três eventos online nesse final de semana. No sábado, 27, às 15 horas, ele representa o estado de Mato Grosso do Sul em uma mesa sobre “Saúde Mental da População LGBTQIA+”, com a psicóloga Ana Claudia Arguelho Loureiro. Ainda no sábado, às 20 horas, realiza uma live no seu Instagram com a presença de Amanda Anderson, presidente nacional do PDT Diversidade e 1ª bacharel em Direito trans de MS. No domingo, 28, participa da live “Dia do Orgulho LGBTQ e Sexualidade”, no Instagram da terapeuta tântrica Mariana Azambuja. “Conversar sobre nossas lutas e desafios é extremamente importante para avaliarmos o caminho que já trilhamos e o que ainda falta. Além disso, falar de temas que são tabus na sociedade é fundamental para progredirmos em nossos discursos”, resume o psicólogo.
 
Serviço: Todos os eventos serão realizados virtualmente, com participação gratuita. A mesa “Saúde Mental da População LGBTQIA+” integra o “I Simpósio de Atenção Integral à Saúde LGBTQIA+”, informações sobre inscrições no perfil @ifmsabrazil.uems no Instagram. A live “Orgulho LGBTQ: O que mudou no Brasil”, será realizada no perfil @joaofvilela dia 27 (sábado) às 20 horas, e a live “Dia do Orgulho LGBTQ e Sexualidade” acontece pelo perfil @deusademim dia 28 (domingo) às 17 horas, ambas pelo Instagram.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados