Diário MS
Get Adobe Flash player

Miranda vai ser o capitão da Seleção Brasileira contra o Uruguai

Pedro Martins/Mowa Press

Zagueiro da Internazionale, da Itália, MIRANDA é homem de confiança de Tite

Primeiro capitão que a Seleção Brasileira teve sob o comando de Tite, na vitória por 3 a 0 sobre o Equador, em 1º de setembro do ano passado, o zagueiro Miranda voltará a usar a braçadeira contra o Uruguai, nesta quinta-feira, no Estádio Centenário. A escolha foi anunciada pouco antes do último treinamento preparatório para a partida.

Tite gosta de promover um rodízio de capitães nas equipes que dirige – costume adquirido nos tempos de Corinthians –, para que todos os seus atletas se sintam importantes. Em sua passagem pela Seleção, ele já entregou a faixa ao lateral direito Daniel Alves, duas vezes, ao esquerdo Filipe Luís, ao volante Fernandinho e ao meia Renato Augusto.

Capitão também nos tempos em que o Brasil tinha Dunga como técnico, Miranda é titular absoluto de Tite, apesar de cauteloso com essa condição. “A gente tem que provar que merece vestir essa camisa sempre, a cada jogo, a cada treino. Na Seleção, existe muita competitividade. Se você dá brecha, outro jogador entra no time e não sai mais. Não existe dono de camisa aqui, mas merecimento”, ponderou o defensor, utilizando uma das palavras prediletas do treinador.

Em relação à definição da equipe titular, não há mistério. Tite já havia indicado o time que enfrentará o Uruguai na atividade de terça-feira, realizada no CT da Barra Funda, do São Paulo: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho, Philippe Coutinho, Renato Augusto e Neymar; Roberto Firmino.