Diário MS
Get Adobe Flash player

Marun estreita relações entre países para aquecer economia brasileira

Com o intuito de trazer novos investimentos ao Brasil, o deputado federal e vice-líder do governo na Câmara, Carlos Marun (PMDB/MS), um dos principais intermediários a apresentar projetos e propostas do Brasil a investidores dos países do Oriente Médio, ressalta a importância de um estreitamento de relações entre essas importantes nações, principalmente neste momento de grande instabilidade econômica em que o Brasil enfrentou e enfrenta nos últimos anos.

Já há um enorme interesse em atrair investimentos de fundos árabes ao Brasil, devido à abundância de recursos no mundo árabe que ainda não são canalizados para a América Latina como um todo e isso tem que ser mudado. O presidente Michel Temer está buscando reverter à péssima herança deixada pelo governo deposto ao mostrar que o país pode ser uma boa oportunidade de investimento e desenvolvimento de mercado. É sabido que alguns países árabes tem um potencial muito grande de investimento, tanto os governos, quanto o empresariado e isso têm quer ser aproveitado, afirma.

Além de receber diversos convites para visitas em alguns desses países, o mais recente, feito pelo Ministro de Estado para Assuntos Exteriores do Qatar, Sultan Bin Saad Al – Marikhy, nos últimos meses, Marun realizou diversas audiências com embaixadores dos países do Oriente, entre eles, Emirados Árabes Unidos, Palestina, Qatar, Síria, dentre outros países e apresentou nestes encontros, inúmeras oportunidades de investimentos e negócios para o Brasil e especialmente, para o Mato Grosso do Sul. “Tenho tido uma atuação bem intensa no sentido de alavancar as relações entre os países, tenho mantido diálogo importante com embaixadores, empresários, o Itamaraty, no sentido de facilitar e aproximar os países árabes ao Brasil e de fazer que essa aproximação se faça por investimentos nos setores produtivos da nossa economia, como o agronegócio, geração de energias alternativas, programa de concessões, entre outros tantos, enfatiza Marun”.

“O governo Temer tem credibilidade para atrair investidores e vemos nisso uma grande oportunidade para que acordos, principalmente os de facilitação de investimentos em que o Brasil tem celebrado com alguns países, sejam também firmados com esses países árabes, tornando mais atrativa à participação na nossa economia, destaca o deputado”.

Segundo a Secretaria de Políticas Agrícolas do Ministério da Agricultura, a produção agropecuária vai injetar R$ 28,9 bilhões a mais na economia brasileira em 2017, o que prevê um aumento de 5,5% da renda dos produtores rurais no próximo ano, para R$ 552,5 bilhões. “O Brasil é um País de muitas oportunidades e seria positivo que investimentos estrangeiros viessem para cá e eu tenho tentado contribuir para que os investimentos árabes aqui cheguem, finalizou Marun”.