Banner São Bento

Marketing pessoal coloca nome de ex-juiz em destaque na política

compartilhe:

Malagueta – 7/11

 

Marqueteiro de Primeira

O ex-juiz Odilon de Oliveira, que passou metade da vida cercado por agentes federais armados até os dentes, abandonou a toga mas não perdeu o marketing pessoal que sempre marcou sua trajetória. Decidido a debutar na política, na qual passará a conviver com alguns daqueles que ele mesmo julgou quando esteve investido no cargo, Odilon de Oliveira agora se chama Juiz Odilon e sua fotografia ilustra uma ampla campanha de outdoor que tomou as ruas de Campo Grande convidando para a convenção regional que o Partido Democrático Trabalhista (PDT) realiza no dia 11 deste mês, no Ondara Palace, a partir das 8h, para anunciar a filiação do outrora magistrado. Os pedetistas prepararam uma grande festa para anunciar o ex-magistrado como um novo Sassá Mutema do Cerrado, uma espécie de salvador da pátria mesmo sem qualquer experiência administrativa.

 

Negociando o Juiz

O sonho do PDT é fazer do (ex) Juiz Odilon candidato ao governo de Mato Grosso do Sul em 2018, numa disputa com Reinaldo Azambuja (PSDB) e André Puccinelli (PMDB), mas tem gente jurando que tudo não passa de jogo de cena dos pedetistas para negociar uma condição privilegiada numa futura chapa.

 

Justiça na Política

O projeto do PDT não seria encabeçar nenhuma chapa para o governo, mesmo porque a legenda não tem recursos financeiros para pavimentar tal aventura, mas para ganhar espaço numa chapa na qual Odilon pudesse ser candidato ao Senado Federal e o deputado federal Dagoberto Rabo de Cavalo Nogueira tivesse privilégios para disputar a reeleição.

 

Caciques Pedetistas

O (ex) Juiz Odilon, como agora é chamado, pode até estar cheio de boas intenções, já que deve ter aprendido muito sobre política durante a longa convivência com o ex-deputado estadual Jerson Domingos, mas a vida dele no PDT não será nada fácil. Terá que se submeter ao pensamento do jurássico João Leite Schimidt, a eminência parda da política sul-mato-grossense.

 

Duodécimo Repassado

A Prefeitura de Dourados repassou na última sexta-feira, dia 3 de novembro, a segunda parte do duodécimo da Câmara Municipal. Na data limite para o pagamento, que foi em 20 de outubro, o Executivo Municipal havia depositado apenas metade dos recursos necessários para manutenção do Poder Legislativo. Espia só!

 

Duodécimo Sonegado

O atraso nos repasses institucionais e obrigatórios por parte da Prefeitura de Dourados fez o Poder Legislativo incorrer em diversos atrasos e motivou, inclusive, a notificação extrajudicial da chefe do Executivo, Délia Razuk (PR). A expectativa agora é para saber se o atraso se repetirá neste mês, o que poderá incorrer em crime de responsabilidade.

 

Facebook do AJ

O jornalista Antônio João Hugo Rodrigues, que na semana passada fez comentários nada elogiosos à prefeita de Dourados, Délia Razuk (PR), agora mirou sua metralhadora para o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD). AJ, como é conhecido, usou sua conta no Facebook para detonar o prefeito da capital.

 

Detonando Marquinhos

Antônio João foi enfático: “Nove meses depois de assumir a Prefeitura de Campo Grande, o prefeito Marcos Trad dá sinais claros de que sua falta de experiência administrativa pode, a curto prazo, transformá-lo em um novo Bernal, que foi um desastre para Campo Grande”.

 

Licitações Estranhas

Antônio João Hugo Rodrigues estranha o fato de num mesmo dia o prefeito Marquinhos Trad ter realizado uma licitação no valor de R$ 4,27 milhões para compra de pães para a Secretaria de Educação e outra para contratar uma empresa de cobrança que receberá 10% do valor recebido como comissão.

 

Equipamento Alugados

Também causa surpresa em Antônio João o fato do prefeito de Campo Grande estar gastando R$ 50 milhões em aluguel de caminhões, escavadeiras, patrolas e pás-carregadeiras para a Secretaria Municipal de Obras. Na boa, esse dinheiro seria suficiente para renovar toda a frota ao invés de alugar os maquinários.

 

Salários Parcelados

Conforme adiantado por um médico leitor da coluna na semana passada, a Prefeitura de Dourados está parcelando, mais uma vez, os salários dos servidores municipais. Neste primeiro momento apenas os funcionários que ganham menos terão dinheiro em conta para honrar com suas obrigações. O restante seguirá esperando até que haja recursos em caixa para receber o sagrado salário.

 

Médico Relapso

O médico oftalmologista Moisés Fernandes Tabosa Neto, que atende no Hospital São Julião de Campo Grande, referência em oftalmologia em todo Centro-Oeste, decidiu emendar o feriado e não apareceu para trabalhar na sexta-feira, dia 3 de novembro, deixando cerca de 30 pacientes sem atendimento.

 

Pacientes do Interior

Detalhe: as consultas tinham sido agendas pela Central Estadual de Regulação e naquele dia o médico deveria atender pacientes de Campo Grande e do interior do Estado. Como não foi trabalhar, os pacientes de Corumbá, Dourados, Ponta Porã, Aquidauana e outras cidades voltaram para casa sem passar pela consulta. O Hospital São Julião promete enquadrar o profissional, a começar pelo desconto do dia faltado ao trabalho.

Ardidas

  • As redes sociais e grupos de WhatApp de Dourados foram invadidos no final de semana por textos denunciando que o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) estaria sofrendo prejuízo de continuidade porque a Prefeitura de Dourados não teria pago pelos serviços de radiocomunicação, que é terceirizado, e nem garantido materiais de insumo para que os valorosos homens do Samu atendessem as ocorrências no trânsito.

 

  • Rapidamente, o pessoal da prefeitura, entre eles o próprio secretário municipal de Saúde, rebateu as postagens. Todos juraram que não existe qualquer atraso em relação ao serviço de radiocomunicação do Samu e, tampouco, falta material como luvas descartáveis e produtos de primeiros-socorros para garantir o trabalho dos profissionais do serviço. Então tá…

 

  • Será que os servidores da Educação vão dar uma pausa aos vereadores de Dourados na sessão ordinária que acontece esta noite? Pelo andar da carruagem, será mais uma noite de inferno astral para os cavaleiros do apocalipse que votaram a favor do projeto da prefeita Délia Razuk que suprimiu direitos dos educadores municipais.

 

  • Passou da hora da Secretaria Municipal de Saúde de Dourados discutir a prevenção de doenças transmitidas por capivaras. A medida é necessária porque a população de roedores tem aumentado consideravelmente no Ceper Arnulpho Fioravante, na frente do Shopping Avenida Center, e diversas cidades que abrigam capivaras têm registrado casos de febre maculosa, uma grave doença que tem como hospedeiro o carrapato que se alimenta do sangue de capivara.

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • Parabéns Marcão pela preocupação com a questão das capivaras que habitam o Parque Arnulpho Fioravante, animais estes que são os hospedeiros do carrapato estrela, que é o principal vetor transmissor da “febre maculosa”. Ainda quando estava no mandado eletivo, questionei por diversas vezes a administração por esta preocupação que tínhamos, infelizmente como no poder público tudo é difícil e burocrático, o necessário e adequado manejo ainda possa estar emperrado! Mais uma vez, parabéns pela preocupação, pois penso que não precisamos esperar a confirmação de um caso concreto desta moléstia para que atitudes sejam tomadas!

    http://www.douradosnews.com.br/dourados/preocupado-com-febre-maculosa-vereador-pede-manejo-de-capivaras/578743/

CORPAL

Luau Indaiá

PMD REFIS

Luau Indaiá

WHATSAPP DIÁRIO

Logo whatsapp Diario MS