Banner São Bento

Equipes da Semsur e Semop intensificam tapa-buraco em Dourados

compartilhe:
Foto: A. Frota

ASSESSORIA

Pelo menos duas equipes da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) e a mais duas da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop), através de empresa licitada, atuam com força na operação tapa-buraco em Dourados. A previsão é que novas equipes sejam designadas para cobrir quadriláteros estratégicos e ruas de maior circulação do tráfego no maior município do interior de Mato Grosso do Sul.

Ponto a destacar, a Semsur segue cronograma de trabalho intensificando os serviços de tapa-buraco com ações possíveis graças à operação da usina de asfalto do município regularizada junto ao Instituto do Meio Ambiente (Imam) recentemente. Já são mais de 80 metros cúbicos da produção que tem sido empregada na operação.

Nesta segunda-feira (13), as equipes trabalharam na região da Vila Amaral, entre as ruas Monte Castelo e Cuiabá. No Parque das Nações I, as obras foram executadas no cruzamento das ruas Guiana com Canadá.

Na sexta-feira (10), os serviços estiveram concentrados na periferia, na rua Pureza Carneiro Alves, desde a avenida Hayel Bon Faker até a General Osório. No centro da cidade, a rua Ciro Melo foi contemplada desde a Eulália Pires  no sentido ao shopping.

Segundo o secretário de Serviços Urbanos, Joaquim Soares, a determinação da prefeita Délia Razuk é que o trabalho seja feito em toda a cidade, iniciando pelos pontos críticos para que sejam recuperadas as ruas com o uso da produção de massa fria da usina que, segundo a Semsur, tem capacidade para 15 toneladas por dia.

Com esta produção de massa em andamento, a Semsur já trabalha desde outubro e inúmeras áreas já foram cobertas com a operação que visa, até o fim do ano, recuperar o asfalto de Dourados. Foram recuperadas as ruas Cuiabá e Antônio Emilio de Figueiredo, desde a Mato Grosso até a General Osório, a avenida Joaquim Teixeira Alves, entre a região do Terminal Rodoviário e a Mato Grosso, a avenida Marcelino Pires entre o Monumento ao Colono e a rua Aquidauana, e desde o Parque do Lago até o prolongamento em buracos novos que surgiram com a chuva.

Os quadriláteros desde a rua Izidro Pedroso até a Toshinobu, da rua Monte Alegre à Weimar Torres e desde a Ciro Melo até a Major Capilé, entre a Toshinobu e Albino Torraca, foram cobertos também. No BNH III Plano algumas ruas foram contempladas, entre outras inúmeras frentes.

Segundo Joaquim, esta semana o bairro Parque das Nações II será contemplado com atuação das equipes. A região enfrenta problemas crônicos na malha asfáltica e uma grande força-tarefa deve ser empregada no local. A aplicação da massa segue critérios rigorosos, entre eles, a compactação com uso de rolo compressor.

LICITAÇÃO

Já a Semop, atua através dos trabalhos efetuados pela empresa que venceu a licitação para a operação tapa-buracos foram iniciados nesta segunda-feira com recuperação de trecho crítico da rua Bela Vista, entre Frei Antônio e Manoel Rasselen e na região das ruas Pedro Celestino e Quintino Bocaiúva. A operação destas equipes é com massa quente.

A empresa vencedora do processo licitatório vai aplicar em um primeiro momento R$ 3,6 milhões dos R$ 5 milhões destinados pelo Governo do Estado para este serviço em Dourados.

Segundo o secretário de Obras Públicas, Tahan Sales Mustafa, a nova etapa da operação terá como prioridade a melhoria nas principais vias. A Semop já realizou mais de 50 mil metros quadrados de tapa-buraco no município, desde janeiro.

CORPAL

Luau Indaiá

PMD REFIS

Luau Indaiá

WHATSAPP DIÁRIO

Logo whatsapp Diario MS