Banner São Bento

Eleição no Sindicato Rural de Dourados tem apenas uma chapa inscrita

compartilhe:

Chapa única

Apenas uma chapa se increveu para a eleição da nova diretoria do Sindicato Rural de Dourados. A votação acontecerá no mês que vem. O presidente Lúcio Damália, portanto, deverá ser reeleito para o segundo mandato consecutivo. Cada gestão dura três anos. Seu vice na chapa é o agrônomo Ângelo Ximenes, que foi reeleito em junho para a presidência do Clube Indaiá.

Área de lazer

Se tudo correr dentro dos conformes e a burocracia não atrapalhar, em breve deverá ser anunciado um grande investimento na área de lazer em Dourados. O empreendimento ficará em frente à BR-163, nas proximidades do distrito de Vila Vargas. Trata-se de um grande complexo envolvendo inclusive a construção de um hotel e que pretende ser referência no Estado.

 

 

Sem fundos

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados  atingiu 1,79% em agosto, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,34 p.p.).

Sem fundos, ainda

Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados diminuiu frente a julho (quando o nível foi de 1,90%), sendo o resultado registrado pela queda de 3,1% dos cheques devolvidos e aumento em igual magnitude (+3,1%) para os cheques movimentados.

Cerimonial

A Aline Paula de Souza Menezes vem respondendo pelo cerimonial da prefeitura de Dourados desde agosto. Ela já integrava a equipe, mas agora foi promovida à chefia do grupo.

No UOL

O assassinato de um rapaz durante show sertanejo na madrugada de ontem em Campo Grande foi tema de reportagem que ficou em destaque durante boa parte do domingo no maior portal de notícias do Brasil.

No UOL, ainda

O crime aconteceu durante show da dupla Henrique & Juliano, no estacionamento do Shopping Bosque dos Ipês. Adílson Silva Ferreira dos Santos foi assassinado a tiros à queima-roupa, supostamente disparados por um agente penitenciário federal, cujo nome não foi revelado. O atirador está preso.

Cultura

No final da tarde de sexta-feira, ‘De Olho’ eletrônica, que pode ser acessada no Portal Diário MS, revelou que o secretário de Cultura de Dourados, Gil Esper, vai deixar a pasta para se dedicar exclusivamente ao curso de artes cênicas da UFGD.

Cultura, ainda

A informação foi repassada à coluna por passarinho que tem a cultura correndo pelas veias. Na prefeitura, com gente graúda, ‘De Olho’ ficou sabendo que o assunto ainda estava sendo discutido, mas que existia tal possibilidade.

Cultura, no planeta

E foi só a coluna divulgar para que a informação corresse como rastro de pólvora.  E assim, tão rápido quanto pólvora pegando fogo, a prefeitura preparou uma nota que foi encaminhada, veja só, para quase todos os órgãos de comunicação do planeta.

Cultura, a nota

Assim, segundo a nota que correu o mundo, “com referência à nota veiculada pela Coluna De Olho, do jornal Diário MS, a Prefeitura de Dourados esclarece que o secretário Municipal de Cultura, Gil de Medeiros Esper,  não demonstrou qualquer interesse em deixar o cargo”.

Cultura, boatos

Ainda segundo a tal nota, Esper “tem executado seu trabalho com bastante dedicação, competência e responsabilidade, dentro daquilo que se propôs a fazer desde que foi convidado pela prefeita Délia Razuk a assumir a pasta. Portanto, não passam de boatos o desligamento de Gil Esper da administração municipal”.

Cultura, demissão

A simples distribuição da notinha de esclarecimento foi suficiente para os corneteiros de plantão produzirem material sobre o caso. Interessante que tais desinformados insistiram em dizer que a coluna afirmou que o secretário seria demitido.

Cultura, sem demissão

A coluna pode ser acessada no endereço eletrônico www.diarioms.com.br E nela é possível constatar que ‘De Olho’ não fala em demissão. Diz que apenas que o secretário deixa o cargo para se dedicar aos afazeres como professor na UFGD.

Cultura, intriga

Com a coluna no ar, surgiram também rapidamente as especulações sobre prováveis substitutos. E houve até passarinho falando em complô para derrubar o rapaz. Santa criatividade!

Mais Cultura

É preciso ressaltar que, de acordo com o que foi piado por passarinho cultural, a saída de Gil Esper se daria apenas por entraves legais. Nada relacionado com seu trabalho à frente da pasta que, diga-se de passagem, agrada a uns e desagrada a outros. Muito normal isso!

Cultura sem nota

Bom, independentemente da notinha divulgada pela prefeitura na sexta-feira, Gil deve se encontrar com a prefeita hoje, quando o assunto certamente será lembrado. Vamos aguardar o resultado do encontro.

Em Corumbá

Falando na prefeita de Dourados, ela passou alguns dias em Corumbá, acompanhando tratamento de saúde de sua mãe, que mora naquela cidade.

CORPAL

ZAP DIARIO MS

Lar do Idoso

WHATSAPP DIÁRIO

Logo whatsapp Diario MS