Diário MS
Get Adobe Flash player

Dourados vai à busca de investimentos para melhorar atendimento na Saúde

O secretário municipal de Saúde Renato Vidigal manteve reunião no escritório político do senador Pedro Chaves (PSC), em Campo Grande, para reivindicar melhorias para a área da saúde em Dourados. Acompanharam Vidigal na agenda o secretário-adjunto Carlos Augusto Moreira e o vereador Braz Melo (PSC).

Divulgação

Secretário RENATO VIDIGAL, adjunto Carlos Augusto e vereador Braz Melo reunidos com o senador Pedro Chaves

O senador recebeu a delegação para tratar das dificuldades que Dourados enfrenta com a redução dos recursos do SUS (Sistema Único de Saúde) enviados pelo governo federal, que em 2017 terá R$ 15 milhões a menos para o custeio dos atendimentos realizados pelos postos de saúde e hospitais da maior cidade do interior de Mato Grosso do Sul.

O secretário ressaltou que a rede pública de saúde em Dourados atende a população local – mais de 215 mil habitantes – e uma região que abrange mais de 30 municípios, com um total de mais de 700 mil habitantes, que poderão ser afetados pela redução das verbas enviadas pela União.

Outra solicitação feita ao senador pelo secretário diz respeito a uma emenda parlamentar para investimentos no PAM (Pronto Atendimento Médico), que está em situação crítica e deve ser transformado em Centro de Especialidades Médicas, visando diminuir as filas dos postos de saúde.

Como porta-voz da prefeita Délia Razuk (PR), Vidigal solicitou ao senador indicação de verba para a implantação de três unidades móveis para atendimento da população de Dourados, sendo uma odontológica, uma oftalmológica e outra para exames e raios-x.

Segundo a prefeita, este projeto das unidades móveis poderá desafogar as filas nas unidades de saúde, pois levará o atendimento às comunidades, escolas, distritos e Reserva Indígena, facilitando o atendimento. “Especialidades mais perto dos usuários em uma espécie de mutirão da saúde seria muito importante para Dourados”, disse a prefeita Délia Razuk.

 

DESDOBRAMENTO

 

Em rede social, o senador Pedro Chaves postou foto de agenda com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, quando tratou dos pedidos feitos por Vidigal. “Reuni-me hoje de manhã com o ministro da Saúde, Ricardo Barros. Fui levar pedidos de Dourados”, postou.

Pedro Chaves publicou que os pedidos foram de um consultório médico itinerante, montado em um micro-ônibus, para levar atendimento diretamente à população dos distritos e bairros mais distantes do Centro, dois consultórios odontológicos móveis, instalados em vans, que cumprem o mesmo objetivo e liberação de R$ 1,2 milhão para a prefeitura reformar o PAM.

“O ministro ficou sensibilizado com os pleitos e garantiu que fará tudo para atendê-los”, disse o senador na rede social.