Banner São Bento

Aplicativo que dá descontos em multas de trânsito tem adesão de 600 mil usuários

compartilhe:
Foto: Assessoria

ASSESSORIA

Cerca de 670 mil usuários, entre cidadãos e empresas, já fizeram o cadastro no Sistema de Notificação Eletrônica, o SNE. O aplicativo permite ao motorista receber informações sobre infrações de trânsito pelo celular e pagar multas com 40% de desconto. Além de Sergipe, os Estados de Alagoas, Mato Grosso do Sul, Goiás, Acre, Paraíba, Pernambuco e o Distrito Federal já aderiram o sistema.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, o DNIT, responsável pela fiscalização de rodovias federais, também fez a adesão em outubro deste ano, ou seja, os motoristas que forem multados em rodovias fiscalizadas pelo órgão, também vão ter direito ao benefício. O publicitário Vicente Júnior, de 34 anos, morador do Distrito Federal, ficou sabendo do aplicativo por meio de uma amiga e decidiu baixá-lo para ganhar o desconto.

“O aplicativo te mostra a sua infração e você assume que você recebeu aquela infração e que você não vai recorrer. Já usei, já paguei a multa e tive desconto de 40%. Gostei da iniciativa. Assim… não é o que eu esperava, porque a gente nunca gosta de pagar multa, é um dinheiro sem retorno, é um dinheiro rasgado, mas é menos pior do que pagar a multa cheia.”

Para ter acesso ao sistema, basta que o condutor tenha um celular com o sistema operacional Android ou iOS e baixe o aplicativo SNE. Há também o SNE Web, que possibilita tanto pessoas físicas quanto pessoas jurídicas usufruir dos benefícios. Quem dá mais detalhes é o coordenador de educação no trânsito do Denatran, Francisco Garonce.

“A adesão a este sistema é voluntária. Ninguém é obrigado a baixar o aplicativo, ninguém é obrigado a ter o aparelho celular. Então para incentivar os condutores a usarem este mecanismo é dado um desconto de 40% no valor da multa se ela for paga através do aplicativo e antes da data de vencimento desta multa.”

Este é um sistema nacional, mas que depende de uma adesão voluntária, tanto dos condutores, como dos órgãos autuadores. Segundo o coordenador de educação no trânsito do Denatran, o principal objetivo é educar o motorista e incentivá-lo a não cometer mais infrações.

“Ele vai receber, de modo assim… quase que imediato, o comunicado de que cometeu alguma infração. Qual é a finalidade principal disto? É que o auto de infração seja próximo do momento de cometimento do ato da infração para que o condutor tenha consciência do que ele cometeu e que aquele auto de infração atinja o seu objetivo, que é justamente educar o indivíduo e não permitir que ele cometa o mesmo tipo de erro, por muitas vezes por algum desconhecimento ou desatenção.”

O desconto de 40% para as multas vai passar por análise do órgão autuador e, em alguns casos, ele pode não concedido.

CORPAL

Luau Indaiá

PMD REFIS

Luau Indaiá

WHATSAPP DIÁRIO

Logo whatsapp Diario MS